Xiaomi, twist: Donovan Sung sai e vai para o Google

Donovan Sung deixa a Xiaomi. o Diretor de Gerenciamento de Produto, uma figura-chave na expansĂŁo da empresa fora da China, apĂłs 5 anos no Google, a empresa foi fundada por Lei Jun. O anĂșncio veio pelo Twitter e, de fato, contrasta com o que, em 2013, foi o caminho inverso de Hugo Barra, um dos pais do Android, que mudou de Big G para o gigante em Pequim.

Como mencionado, Donovan Sung desempenhou um papel fundamental no crescimento da Xiaomi alĂ©m das fronteiras chinesas. Sua ação atuou como uma cola entre o mercado e os usuĂĄrios, tanto que se tornou um dos rostos pĂșblicos da marca. NĂŁo Ă© de surpreender que, quando a empresa desembarcou oficialmente na ItĂĄlia em maio de 2018, ele foi uma das principais figuras a intervir durante o evento realizado em MilĂŁo.

A partir de agosto, seu foco estarå no Google Pay. Na empresa Mountain View, sua tarefa serå aumentar a plataforma de pagamento da Big G em mercados emergentes. Uma meta que anda de mãos dadas com a expansão do setor de smartphones nesses territórios, em torno do qual os futuros balanços da eletrÎnica de consumo irão girar.

Resta ver quais serĂŁo os movimentos da Xiaomi agora. Substituir Donovan Sung nĂŁo serĂĄ fĂĄcil, especialmente nesta fase em que a expansĂŁo global representa o principal objetivo da empresa, depois de conquistar o mercado chinĂȘs. Quem sabe, nos prĂłximos meses, pode haver o anĂșncio de uma figura de destaque no setor.