Xiaomi PocoPhone F1 review, melhor compra com algumas sombras

Xiaomi PocoPhone F1

A Xiaomi se concentra principalmente na plataforma de hardware deste PocoPhone F1, praticamente o √ļnico smartphone com um pre√ßo intermedi√°rio a oferecer o Snapdragon 845.

Xiaomi PocoPhone F1

PocoPhone F1 √© a d√©cima terceira aposta da Xiaomi. De fato, a empresa chinesa conseguiu integrar uma plataforma de hardware topo de gama (Snapdragon 845, 6 GB de RAM) neste smartphone, mantendo-se na faixa de pre√ßo de dispositivos de gama m√©dia. Para compr√°-lo, parte de 329 euros, uma figura quase anacr√īnica em um mercado em que produtos premium agora oscilam em torno de 1.000 euros.

Xiaomi obviamente tinha que fazer de isen√ß√Ķes de dispositivos como Huawei P20 Pro, Samsung Galaxy S9, iPhone X. Como sempre, nesses casos, o objetivo √© entender o que √© realmente necess√°rio em um smartphone para garantir uma experi√™ncia satisfat√≥ria ao usu√°rio. Exatamente como intitulamos, o PocoPhone F1 √© menos convincente em algumas √°reas, mas isso n√£o impede que se imponha como uma melhor compra na segunda parte de 2018.

Cópia DSC02287

Construção e ergonomia

O corpo do PocoPhone F1 vai contra a corrente. Na verdade, é feito de policarbonato, um material que agora está desaparecendo mesmo dos smartphones médios e low-end. No entanto, a escolha da Xiaomi foi prudente, conforme explicado pela própria empresa chinesa durante a apresentação do dispositivo.

Leia também: Xiaomi Poco F1: começa a partir de 329 euros, nossa prévia

Por um lado, o policarbonato permitiu reduzir os custos em comparação com metal, alumínio e vidro. Por outro lado, a Xiaomi prestou especial atenção à concretude, usando um material certamente menos propenso a quebrar em caso de batidas ou quedas acidentais. O resultado foi um smartphone que, nas mãos, retorna uma sensação de solidez absoluta, também graças ao peso de 180 gramas, que é tudo.

Cópia DSC02280
Cópia DSC02281

A tampa traseira n√£o ret√©m as impress√Ķes digitais gra√ßas ao acabamento fosco. A variante de cor azul a√ßo, o assunto de nossa an√°lise, √© realmente impactante e eu pessoalmente apreciei que o quadro lateral √© da mesma cor da traseira. O PocoPhone F1 est√° bem em suas m√£os, n√£o √© escorregadio e os bot√Ķes f√≠sicos (volume e pot√™ncia), bem como o sensor biom√©trico, s√£o perfeitamente acess√≠veis com os dedos.

Na frente, os quadros s√£o reduzidos (por√©m suficientes para evitar toques involunt√°rios na tela) e existe o entalhe, por√©m particularmente pronunciado. A c√Ęmara dupla traseira √© um pouco saliente, sem comprometer a ergonomia, no m√≠nimo. Em geral, no entanto, a sensa√ß√£o est√° longe de ser dispositivos premium. Finalmente, observe o fato de que a Xiaomi inclua uma capa TPU macia no pacote de vendas, uma surpresa bem-vinda, considerando tamb√©m o baixo pre√ßo de tabela.

Cópia DSC02284
Cópia DSC02285

Tela e √°udio

O PocoPhone F1 pode contar com o habitual painel LCD IPS que j√° vimos a bordo de muitos smartphones Xiaomi. Nesse caso, √© uma tela com uma diagonal de 6,18 polegadas, resolu√ß√£o igual a 1.080 x 2.246 e uma propor√ß√£o em 18,7: 9. √Č uma tela de bom n√≠vel considerando a faixa de pre√ßo em que o smartphone est√° localizado, com um rendimento geral que √© objetivamente menor que os dispositivos premium.

No entanto, possui bons √Ęngulos de vis√£o e uma reprodu√ß√£o fiel das cores. Mas o que mais me convenceu √© a visibilidade ao ar livre, gra√ßas a um brilho n√£o muito alto e, acima de tudo, a um vidro frontal especialmente refletivo (mesmo que caracterizado por um tratamento oleof√≥bico eficaz). Em dias particularmente ensolarados, voc√™ pode perceber muitas dificuldades.

Cópia DSC02286

A parte de áudio é confiada ao alto-falante posicionado no lado inferior que, no entanto, durante a reprodução multimídia, também é flanqueado pela cápsula do ouvido. O resultado é um volume alto, com uma qualidade média. Boa experiência na chamada e através do conector de áudio de 3,5 mm, integrado na parte superior.

Achei a recep√ß√£o um pouco bailarina, em algumas situa√ß√Ķes. Pode ser um pouco de parte do software, tanto que as atualiza√ß√Ķes recebidas nas √ļltimas semanas mitigaram claramente esse aspecto. Reservamo-nos o direito de retornar a esse ponto, talvez com uma an√°lise aprofundada. De qualquer forma, a conectividade √© bastante completa (Bluetooth 5.0, Wi-Fi ac Dual-Band, suporte a Dual SIM, r√°dio FM), vergonha pela aus√™ncia de NFC e 4G +.

Cópia DSC02282
Cópia DSC02291

Desempenho e autonomia

Bem, deste ponto de vista, pouco a dizer. A Xiaomi escolheu o Snapdragon 845 juntamente com 6 GB de RAM e 64/128 GB de armazenamento (padr√£o UFS 2.1). Uma plataforma de hardware que vimos em a√ß√£o em muitos smartphones de √ļltima gera√ß√£o em 2018, e que mesmo neste PocoPhone F1 n√£o trai as expectativas.

Tela 6.18 polegadas, 1.080 x 2.246, 403 ppi, IPS LCD, 18.7: 9, Gorilla Glass
SoC Snapdragon 845
GPU Adreno 630
RAM 6 GB
Armazenamento 64/128 GB expansível via micro-SD
C√Ęmera traseira C√Ęmera dupla, 12 MP f / 1.9 + 5 MP f / 2.0, LED de flash duplo, EIS, grava√ß√£o de v√≠deo 4K 30 fps
C√Ęmera frontal 20 MP f / 2.0, grava√ß√£o de v√≠deo em Full HD 30 fps
Conectividade Wi-Fi ac de banda dupla, Bluetooth 5.0, GPS A-GLONASS BDS, r√°dio FM, Dual-SIM
redes LTE cat.16, bandas 1, 3, 5, 7, 8, 20, 38, 40, 41
Segurança Sensor biométrico na parte traseira, reconhecimento de rosto
Bateria 4.000 mAh
recarregar USB tipo C, carregamento r√°pido com o padr√£o Quick Charge 3.0
Sistema operacional Android 8.1 Oreo personalizado com MIUI 9.6
dimens√Ķes 155,5 x 75,3 x 8,8 mm
Peso 180 gramas
cores Azul aço, Rosso vermelho, preto grafite
Preço 329 euros 6/64 GB, 399 euros 6/128 GB

O smartphone √© sempre fluido e √°gil, capaz de oferecer desempenho de alto n√≠vel, mesmo durante as opera√ß√Ķes mais complexas. N√£o h√° problema no campo dos jogos, gra√ßas √† excelente GPU Adreno 630. Considerando a faixa de pre√ßo em que o PocoPhone F1 est√° localizado, a plataforma de hardware √© certamente a sua principal for√ßa.

Excelentes not√≠cias tamb√©m para autonomia. Com o meu uso (misturado entre LTE e Wi-Fi, 2 contas de email, centenas de notifica√ß√Ķes de redes sociais e aplicativos de mensagens instant√Ęneas, cerca de 1 hora de chamadas telef√īnicas), quase sempre consegui tocar nas 5 horas de tela, tamb√©m durante os dias da IFA 2018 com o PocoPhone F1 usado no modo de hotspot.

A bateria de 4.000 mAh, portanto, faz seu dever muito bem e, em geral, este smartphone sempre permite que voc√™ cubra facilmente o dia. Al√©m disso, o que n√£o √© pouca coisa, tamb√©m h√° suporte para carregamento r√°pido atrav√©s do padr√£o Quick Charge 3.0, uma possibilidade que pode ser muito conveniente em muitas situa√ß√Ķes.