Xiaomi Mi A2, nossa prévia de Madri

O Xiaomi Mi A1 finalmente tem um herdeiro. Com um evento ad-hoc organizado em Madri, a empresa chinesa levantou a cortina do Mi A2, como já tivemos a oportunidade de lhe dizer em nosso artigo. Assim como seu antecessor, este dispositivo se concentra principalmente na relação qualidade / preço, entrando em um segmento de mercado essencial para o mundo dos dispositivos móveis (e não por acaso muito lotado).

Chegamos a tocar nesse Mi A2 à margem do evento de apresentação. A primeira impressão é certamente o de um smartphone bem construído, com mais um passo adiante da Xiaomi em termos de qualidade. Um aspecto que já havia surgido nos outros dispositivos apresentados pela empresa chinesa este ano.

foto 2018 07 24 13 51 58
foto 2018 07 24 13 53 04

Segura bem na mãoapesar da tela de 5,99 polegadas. Graças aos biséis reduzidos e à proporção de aspecto em 18: 9, o que faz com que o smartphone se desenvolva em comprimento. As bordas laterais, embora não sejam muito pronunciadas, parecem conseguir evitar toques acidentais na tela. Em geral, a ergonomia parece boa, mas obviamente será verificada no uso diário do Mi A2.

Difícil ser capaz de expressar um julgamento sobre o desempenho. Deste ponto de vista, no entanto, a Xiaomi jogou pelo seguro, escolhendo o excelente SoC Snapdragon 660 e combinando-o com 4 ou 6 GB de RAM dependendo da versão. A primeira sensação é a de um smartphone extremamente responsivo, e se a empresa chinesa implementou esse processador bem como já fez em outros dispositivos (pense no Mi Note 3, por exemplo), ele poderia realmente se tornar um ponto de referência em sua gama de preço.

Discurso an√°logo para a parte fotogr√°fica, muito cedo para expressar um julgamento. Tiramos uma selfie com a c√Ęmera frontal de 20MP do Mi A2 e, apesar das dif√≠ceis condi√ß√Ķes de luz, o resultado parece ser de um bom padr√£o. No entanto, aguardamos a revis√£o completa antes de expressar um julgamento final.

Leia também: Xiaomi Mi 8 review, o topo da faixa de maturidade

Em resumo, a sensa√ß√£o √© de que a Xiaomi pode ter apresentado, potencialmente, uma nova melhor compra. Os pre√ßos do Mi A2, que chegar√° √† It√°lia a partir de 8 de agosto, come√ßam em ‚ā¨ 249 para a variante de 3 GB de RAM e 64 GB de armazenamento (279 para a variante de 4/64 GB, 349 para a variante de 6/128 GB ) N√£o ser√° f√°cil para os concorrentes competir com este produto que, al√©m de uma excelente plataforma de hardware, tamb√©m pode contar com as vantagens garantidas pelo Android One.

foto 2018 07 24 14 25 26
foto 2018 07 24 13 52 01

Paradoxalmente, os principais concorrentes do Mi A2 poderiam encontrá-los em casa. De fato, a Xiaomi controla essa faixa de preço com diferentes modelos da série Redmi 5 (pensamos na Nota 5, que já analisamos). Está claro como a empresa chinesa escolheu esse segmento para começar a escalada também para o mercado europeu.


Tom’s Recommend

Xiaomi Redmi 5 Plus é um smartphone caracterizado por uma excelente relação qualidade / preço. Equipado com o Snapdragon 625 emparelhado com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento, está disponível para compra na Amazon menos de 200 euros. Você pode encontrá-lo neste link.