Xiaomi Mi 9T: Redmi K20 rebrand lançado no Geekbench, na Europa vai começar em 359 euros

A Xiaomi confirmou que o Xiaomi Mi 9T será lançado mundialmente em 12 de junho. Vários relatórios afirmam que o Redmi K20 será renomeado para o Xiaomi Mi 9T em alguns mercados fora da China. Agora, um apareceu no Geekbench, cujos recursos confirmam essa afirmação.

A entrada do Xiaomi Mi 9T no Geekbench revela que ele roda o Android 9 Pie e está equipado com 6 GB de RAM. Em vez do nome do processador na entrada da placa-mãe, o nome de código “davinci” é gravado.

O que significa um nome de código? Antes do lançamento do Redmi K20, vários vazamentos queriam que o codinome da versão básica fosse Da Vinci, enquanto o anterior era conhecido como Raphael. Portanto, a menção de davinci no Geekbench é outra prova de que é a rebrand do Redmi K20.

A pontuação coletada pelo Xiaomi Mi 9T no teste Single-Core é 2.540 e no teste Multi-Core 6.911 pontos.

Obviamente, esperamos que o Xiaomi Mi 9T tenha exatamente os mesmos recursos da versão chinesa e esteja disponível em três cores: Carbon Black, Glacier Blue e Flame Red. Em termos de memória, provavelmente veremos nos mercados europeus a RAM de 6 GB e o armazenamento de 64 GB com um preço de € 359.

Se as maiores versões forem lançadas nos mercados europeus, esperamos que os 6GB / 128GB custem € 379, e o preço da versão mais cara, com 8GB de RAM e 256GB, será € 499.