Xiaomi Mi 9: as primeiras desmontagens revelam uma arquitetura bem pensada

O Xiaomi Mi 9 est√° obtendo sucesso moderado: o topo da gama est√° registrando resultados importantes tanto na China, com mais de um milh√£o de unidades reservadas, quanto na It√°lia, onde atualmente √© o smartphone mais vendido na Amazon. A primeira desmontagem n√£o demorou a chegar, que surgiu on-line nas √ļltimas horas e compartilhado pelo usu√°rio Van Teng (@Thomas), que decidiu publicar uma s√©rie de imagens no trabalho social chin√™s Weibo.

As imagens sugerem que a Xiaomi colocou alguns cuidados na realização dos componentes internos. A partir da parte traseira do dispositivo, após a remoção do vidro Gorilla Glass 5, encontramos a bateria, o módulo fotográfico com os três sensores posicionados na área superior, a antena NFC e a bobina para carregamento sem fio de 20W.

Esse tipo de opera√ß√£o permite que voc√™ se concentre tamb√©m no setor fotogr√°fico da parte superior da gama da empresa chinesa, analisando os sensores da c√Ęmera traseira e observe os dois objetivos Sony IMX481 √© IMX586 16 megapixels e o terceiro, desenvolvido pela Samsung, 12 megapixels. Na mesma se√ß√£o, organizados em m√≥dulos separados, encontramos: o processador Qualcomm Snapdragon 855, 8 GB de RAM e 128 GB de mem√≥ria interna. No caso de reparos e substitui√ß√£o, a divis√£o desses elementos em m√≥dulos separados simplifica as opera√ß√Ķes.

Embora a desmontagem seja apenas fotográfica, mostra o grande cuidado de Xioami na realização dos elementos internos, é plausível que nos próximos dias um vídeo apareça na rede, o que nos permitirá descobrir mais detalhes. Para manter-se atualizado sobre notícias e insights, convidamos você a nos seguir também através do nosso Live Blog e da página dedicada ao MWC 2019.