Xiaomi, cuidado com as falsifica√ß√Ķes: na √ćndia, 18 mil d√≥lares de produtos falsificados confiscados

A falsifica√ß√£o certamente n√£o √© uma pr√°tica nova. Voc√™ escolhe o tipo de produto que est√° despovoando e para o qual h√° uma demanda maior no mercado e cria uma falsifica√ß√£o, √†s vezes at√© quase irreconhec√≠vel, vendida a pre√ßos mais baixos do que o original por um faturamento de bilh√Ķes de euros. Xiaomi sabe muito bem que – ao registrar uma queixa com a pol√≠cia de D√©lhi – ele se certificou de que eles viessem apreenderam produtos falsificados totalizando US $ 18.252 no mercado de Delhi Gaffar.

Os produtos apreendidos (acima de 2000) pertencem aos g√™neros mais d√≠spares: carregadores, cabos USB, bancos de pot√™ncia, fones de ouvido, os famosos fones de ouvido sem fio Redmi AirDots (apenas para citar alguns). As investiga√ß√Ķes revelaram que os quatro culpados presos est√£o no setor de falsifica√ß√£o h√° anos e est√£o vendendo varejo e atacado a clientes inocentes para comprar produtos falsificados.

Produtos falsificados e n√£o originais ainda s√£o um grande problema para muitas empresas tecnol√≥gicas e n√£o tecnol√≥gicas, pois causam danos econ√īmicos significativos a essas empresas. Por esse motivo, a Xiaomi recomenda que seus usu√°rios verifique a prova de autenticidade do produto no momento da compra. Alguns produtos – como bancos de pot√™ncia – possuem um c√≥digo de seguran√ßa que pode ser verificado no site do fabricante.

Voc√™ tamb√©m pode prestar aten√ß√£o √† presen√ßa ou aus√™ncia de logotipos oficiais no pr√≥prio produto e / ou na embalagem. O conselho √© sempre comprar de revendedores autorizados (on-line e f√≠sicos) e nas lojas oficiais como neste caso a Mi Store. Essas s√£o indica√ß√Ķes v√°lidas n√£o apenas para a Xiaomi, mas para todos os produtos que compramos, sejam eles de natureza tecnol√≥gica ou n√£o.