Xiaomi Black Shark Helo: 10 Gigabyte de RAM e tela OLED para o novo smartphone para jogos

10 Gigabytes de RAM, tela OLED de 6,01 polegadas, processador Snapdragon 845. Aqui estĂŁo os principais recursos do Xiaomi Black Shark Helo, o novo smartphone Android da empresa chinesa projetado para jogos. Ele coleta o legado do Black Shark, um dispositivo apresentado apenas alguns meses atrĂĄs, em abril. Um sinal claro de como esses produtos – que possuem dispositivos tĂ©cnicos especĂ­ficos para videogames – a atenção do mercado Ă© sempre maior.

No caso do Black Shark Helo, a medida tĂ©cnica mais relevante Ă© certamente o sistema de refrigeração do processador. Funciona de fato atravĂ©s de uma cĂąmara de vapor, e isso permite para abaixar a temperatura do Snapdragon 845 em 12 graus. É tambĂ©m o primeiro smartphone capaz de contar com uma quantidade tĂŁo grande de RAM, mesmo que a Xiaomi tenha fornecido duas outras versĂ”es com 6 ou 8 Gigabytes.

Comparada à primeira geração do Black Shark, a empresa chinesa arquivou a tecnologia de tela LCD para abraçar o OLED. A resolução é de 2.160 x 1.080, na parte traseira existem duas cùmeras com sensores de 12 e 20 megapixels, além do sensor para reconhecimento de impressÔes digitais. Esteticamente, é um dispositivo certamente cativante, com o logotipo traseiro e os quadros laterais iluminados por LEDs RGB.

E existem muitos acessórios, estilo ASUS ROG Phone. De fato, o Black Shark Helo pode ser transformado em um pequeno console portåtil, graças aos controladores bluetooth que se conectam ao corpo, adicionando botÔes físicos e sticks analógicos. A Xiaomi também criou um tipo de gabinete que melhora ainda mais o resfriamento, adicionando duas ventoinhas grandes, além de uma tampa com suporte para manter o smartphone na horizontal.

Como costuma acontecer com os smartphones Xiaomi, os preços nĂŁo sĂŁo excessivos, considerando as especificaçÔes tĂ©cnicas de topo de gama. Para a versĂŁo de 6 GB de RAM e 128 GB de memĂłria, serĂŁo necessĂĄrios 3.199 yuanes (cerca de 400 euros por mudança), que serĂŁo 3.499 yuan (cerca de 440 euros por mudança) para a versĂŁo de 8 GB de RAM. Finalmente, a principal variante com 10 Gigabytes de RAM e 256 Gigabytes de armazenamento tocarĂĄ em i 530 euros Ă  taxa de cĂąmbio. A chegada ao mercado estĂĄ prevista para 30 de outubro na China. Vamos ver se a empresa decide trazĂȘ-lo tambĂ©m para a Europa.