Xiaomi, aqui é o site oficial da Itália

A Xiaomi inaugurou seu portal oficial na It√°lia. A empresa chinesa est√°, portanto, cada vez mais disposta a fazer o seu caminho em nosso pa√≠s, concentrando-se n√£o apenas em smartphones. De fato, no site em quest√£o, al√©m dos dispositivos das s√©ries Mi e Redmi, tamb√©m apareceram alguns dos produtos que a empresa liderada por Lei Jun criou para supervisionar outros setores da eletr√īnica de consumo.

Em primeiro lugar, deve-se enfatizar que, no estado atual, o portal da web italiano Xiaomi (acess√≠vel neste link) √© essencialmente um site de demonstra√ß√£o. De fato, existem fichas t√©cnicas, galerias de fotos e descri√ß√Ķes dos v√°rios produtos, al√©m de conex√£o direta com a comunidade. Ainda n√£o √© poss√≠vel comprar os dispositivos, pelo menos por enquanto, mesmo que alguns revendedores sejam indicados, principalmente o Mediaworld.

Tela 2018 04 26 em 12 21 35

Tendo esclarecido esse aspecto, fica claro como a Xiaomi est√° disposta a trazer para a It√°lia tamb√©m outros dispositivos al√©m de smartphones. Ao longo dos anos, a empresa chinesa conseguiu entrar em muitos setores da eletr√īnica de consumo: desde automa√ß√£o residencial a drones, de ve√≠culos el√©tricos a curtas dist√Ęncias a wearables, passando por c√Ęmeras de a√ß√£o e cuidados com o corpo, at√© para chegar a televis√Ķes e TVs de caixa.

Leia também: Xiaomi na Itália, começa a contratação

No novo portal italiano ativado, além dos smartphones, existem produtos como a scooter elétrica Mi, a Mi Box, a Mi Camera 4K. Dispositivos que já era possível importar através das lojas on-line habituais, mas que em breve poderiam ser comercializados diretamente pela Xiaomi, com tudo o que isso implica em termos de garantia e assistência pós-venda.

MIELECTRICSCOOTER

Tudo sem esquecer a excelente relação qualidade / preço que sempre distinguiu os produtos Xiaomi, e que poderia representar a força real da empresa chinesa na corrida pelo sucesso, mesmo fora da China. Em suma, a abertura do portal italiano representa um passo importante na estratégia da empresa liderada por Lei Jun.

Leia também: Xiaomi Mi Home, chega o suporte para o idioma italiano

A sensação é de que a Xiaomi quer oferecer aos usuários europeus também um ecossistema real, uma espécie de modelo no estilo da Apple, com preços muito mais baixos e, acima de tudo, menos fechamento para dispositivos de terceiros. Nos próximos meses de 2018, certamente teremos uma imagem mais clara da estratégia da empresa chinesa.


Tom’s Recommend

O Xiaomi Mi Mix 2, o smartphone topo de gama da empresa chinesa, caracterizado por um design sem fronteiras, está disponível para compra na Amazon com um desconto de 30% em relação ao preço de tabela.