Windows 7 Muito difícil de morrer

A Microsoft está programada para parar de oferecer suporte ao Windows 7 em 14 de janeiro. Faltam cerca de 1 mês e seria de esperar que a maioria dos usuários já tenha atualizado para o Windows 10.windows 7

No entanto, de acordo com novos dados do NetMarketShare de outubro a novembro, esse não é o caso, pois a participação de mercado do Windows 7 diminuiu ligeiramente no mês passado.

O que é ainda pior para a Microsoft é que o Windows 10 caiu um pouco no momento em que deveria se beneficiar do suporte ao Windows 7.

Mais especificamente, o Windows 10 continua sendo o primeiro sistema operacional de desktop, mas seu uso caiu de 54,30% para 53,81%. O Windows 7 ainda era o segundo na escolha, e a queda na adoção parece ser muito mais lenta do que a Microsoft esperava. A participação de mercado do Windows 7 caiu de 26,94% em outubro para 26,90% em novembro.

Os sistemas operacionais não desktop do Windows ficam muito atrás nos diagramas. O MacOS 10.14 é a primeira não plataforma após o Windows em novembro, com uma participação de mercado de 4,62%. Imediatamente depois segue o macOS 10.15 a 3.11%.

O Linux est√° em 1,16%, de acordo com a mesma fonte.

A transição do Windows 7 levará muito mais tempo do que o previsto pela Microsoft, e isso se deve ao fato de mais de 1 em cada 4 computadores executarem o sistema operacional 2009. Os usuários domésticos podem decidir alterar o sistema operacional, mas As empresas que usam o Windows 7 enfrentam mais problemas, como incompatibilidades de hardware, mas também com software especializado que usam.

A Dell revelou recentemente que os atrasos nos chips da Intel podem afetar as atualiza√ß√Ķes do Windows 7 para o Windows 10, for√ßando algumas empresas a atualizar para o novo sistema operacional no final de 2020.

____________________