WildStar: Um pouco de Guild Wars 2, um pouco de The Old Republic e meu WoW!

Um dos MMORPGs mais esperados para este ano – além do TESO – é o Estrela Selvagem. Então WildStar é sua criação Carabina em cooperação com ArenaNet (Guild Wars 2) e NCSoft. A Zegetron ele nos encontrou a chave para isso beta fechado executando o jogo agora e vaiando por dentro para ver se vale a pena o barulho que foi causado em torno do WildStar.

wildstar-closed-beta

Para colocá-lo no cenário, o jogo se passa em um universo fantástico no planeta Nexo. O planeta foi habitado pela raça extraterrestre The Eldan, até sua extinção. Agora, as duas facções Domínio e Exilados eles estão tentando controlar a tecnologia que Eldan deixou para trás.

Então, iniciando minha aventura, primeiro tive que criar um personagem, escolhendo entre duas facções (os que dissemos antes), seis classes (Guerreiro, Esper, Spellslinger, Stalker, Médico, Engenheiro) e oito tribos (Cassiano, Draken, Mechari, Chua, Humanos, Granok, Aurin, Mordesh). Você sabe, classicamente alguns são tanques, outros fazem DPS e alguns curandeiros. Depois de tudo isso, você tem que escolher e “caminho” (caminho), que será seguido pelo seu personagem (Soldado, Explorador, Colono, Cientista), desbloqueando o conteúdo de bônus correspondente, dependendo do caminho que você escolher.

Leia o restante do texto na gameslife. Vale mesmo a pena! 😉