Wiko View3 Pro avaliação: está no caminho certo, vergonha sobre o preço

O Wiko View3 Pro √© a proposta de topo de gama da empresa francesa apresentado no Mobile World Congress 2019. Podemos dizer que √© o smartphone que mais do que outros mostra a disposi√ß√£o do fabricante de se adaptar √†s tend√™ncias atuais, a fim de tentar conquistar uma posi√ß√£o em um mercado cada vez mais concorrido. O Wiko, de fato, usa pela primeira vez o vidro do painel traseiro, um entalhe de queda e um sistema de c√Ęmera tripla.

Existem pequenas melhorias em todas as √°reas em compara√ß√£o com o antecessor. O desempenho √© mais est√°vel, h√° porta NFC e USB Tipo C e a resolu√ß√£o da tela aumenta. Ele tem todos os elementos necess√°rios para poder se sair bem, muito ruim pelo pre√ßo. Na It√°lia, chega a ‚ā¨ 249,99 para a configura√ß√£o de 4/64 Gigabytes, que passa a ‚ā¨ 299,99 para a vers√£o que testamos com 6 Gigabytes de RAM e 128 Gigabytes de mem√≥ria interna. Um pre√ßo alto pelo que √© oferecido sem esquecer a concorr√™ncia representada acima de tudo pelos dispositivos das marcas Xiaomi e Huawei, capazes de garantir uma experi√™ncia do usu√°rio mais convincente.

Design: bonito e elegante

O corpo do Wiko View3 Pro √© feito de vidro com uma moldura lateral de alum√≠nio. √Č um salto de qualidade em compara√ß√£o com a gera√ß√£o anterior. O smartphone, de fato, √© mais robusto e bonito de se olhar. A variante crom√°tica em nossa posse (Ocean Deep Blue) foi muito bem-sucedida, uma cor verde que fica mais escura no painel traseiro. Tamb√©m est√° dispon√≠vel nas cores Antracite Blue e Gold. Sendo de vidro, prende muito os dedos. N√£o √© particularmente escorregadio.

Na contracapa foi posicionada a c√Ęmera traseira tripla e o sensor biom√©trico para desbloquear o dispositivo. O sensor geralmente tem dificuldade em reconhecer impress√Ķes digitais. Na maioria dos casos, preferi inserir o c√≥digo de desbloqueio ou aproveitar o reconhecimento de rosto, se as condi√ß√Ķes de ilumina√ß√£o o permitissem. N√£o h√° problema a alcan√ßar.

A frente √© dominada pelo painel LCD IPS de 6,3 polegadas com resolu√ß√£o Full HD + (o Wiko View2 Plus ainda estava com uma resolu√ß√£o de 1512 x 720 pixels) e a propor√ß√£o em 19,5: 9. √Č um bom painel, com cores vivas e excelente visibilidade, cujo resultado diminui um pouco se atingido pela luz direta, mas nunca tanto quanto impossibilita a visualiza√ß√£o do conte√ļdo. Em suma, um rendimento significativamente melhorado em compara√ß√£o com o antecessor.

A aresta inferior √© mais pronunciada que as arestas laterais, bastante estreitas. A tela √© interrompida no meio por entalhe de gotejamento que abriga a c√Ęmera frontal de 16 megapixels tamb√©m usada para desbloquear o dispositivo atrav√©s do reconhecimento de rosto. O entalhe pode ser completamente oculto via software.

Desempenho satisfatório, autonomia surpreendente

O cora√ß√£o do Wiko View3 Pro √© o processador MediaTek Helio P60, juntamente com 4 ou 6 Gigabytes de RAM e 64 e 128 Gigabytes de mem√≥ria interna. A parte gr√°fica √© confiada √† GPU Mali G72. Uma configura√ß√£o que permite que o dispositivo funcione especialmente se n√£o for colocado em condi√ß√Ķes de estresse espec√≠ficas. Ele hesita um pouco se come√ßar a pedir demais, mas no De um modo geral, ele funciona muito bem.

A plataforma de software √© confiada ao Android 9 Pie com uma leve personaliza√ß√£o do fabricante franc√™s, que √© basicamente limitada √† introdu√ß√£o das fun√ß√Ķes do Wiko. Como na Visualiza√ß√£o 3, tamb√©m √© poss√≠vel aqui Aproveite o modo simples, que torna a interface mais adequada para um p√ļblico menos tecnol√≥gico atrav√©s de √≠cones maiores para fun√ß√Ķes b√°sicas. Nesse caso, no entanto, √© necess√°rio instalar o aplicativo dedicado que corrige a nova interface que – anteriormente – retornava √† cl√°ssica clicando no bot√£o In√≠cio. O Wiko certamente interferiu nesse aspecto por meio de uma atualiza√ß√£o de software.

Um aspecto sobre o qual o Wiko nunca desilude é a autonomia. A bateria de 4.000 mAh isso me permitiu ficar longe da tomada por 27 horas consecutivas em comparação com 5 horas e meia de tela. Ele cobre facilmente o dia inteiro, com a possibilidade de cobrir até o segundo dia com um uso mais suave. Um resultado excepcional.

Boa conectividade: suporte para SIM duplo, NFC, Bluetooth 4.2, Wi-Fi de banda dupla, A-GPS, GLONASS; GALILEO, BDS, r√°dio FM, Porta USB tipo C e conector de √°udio de 3,5 mm. O setor de √°udio consiste em um √ļnico alto-falante localizado na borda inferior. O desempenho do √°udio deve ser aprimorado. O som – mesmo na c√°psula – n√£o √© muito limpo e distorcido, especialmente em volumes altos.

C√Ęmera aprimorada

O Wiko View3 Pro monta um sensor principal de 12 megapixels, acoplado a uma grande angular de 13 megapixels e um terceiro de 5 megapixels respons√°vel pela profundidade de campo. √Č uma configura√ß√£o semelhante √† do modelo b√°sico View 3 que, no entanto, possui um terceiro sensor de 2 megapixels. Um setor fotogr√°fico, portanto, bastante vers√°til. Os resultados s√£o muito semelhantes aos do modelo b√°sico da Vista 3. Portanto, as fotos s√£o apreci√°veis ‚Äč‚Äčcom um bom n√≠vel de detalhe, especialmente usando HDR. √Äs vezes, o software aumenta o contraste, melhorando o resultado final.

Com pouca luz, h√° uma importante perda de detalhes, al√©m de ru√≠do digital, muito mais evidente se o sensor de grande angular for usado. Por dia, no entanto, fotos em grande angular s√£o aceit√°veis. As fotos com fundo desfocado, por outro lado, n√£o s√£o particularmente convincentes com contornos n√£o naturais, mesmo com a c√Ęmera frontal.

Desempenho semelhante para a c√Ęmera frontal de 16 megapixels. Durante o dia, as selfies parecem ricas em detalhes e com cores naturais. Eles perdem muito √† noite. O rosto est√° bem iluminado, mas existem artefatos que reproduzem efeitos que n√£o correspondem √† realidade. O rendimento geral √† noite √© um aspecto que ainda precisa ser trabalhado, considerando a frequ√™ncia com que as performances fotogr√°ficas t√™m um peso importante para o usu√°rio durante a fase de compra.

Os v√≠deos podem ser gravados com resolu√ß√£o Full-HD a 30 qps. Finalmente, n√£o h√° solu√ß√Ķes de software espec√≠ficas disponibilizadas para a c√Ęmera. Encontramos o efeito bokeh, a foto noturna, o lapso de tempo, a c√Ęmera lenta e a foto panor√Ęmica. No geral, √© um setor fotogr√°fico a ser promovido, mas n√£o brilha.

Conclus√Ķes: quem deve compr√°-lo?

O Wiko View3 Pro √© sem d√ļvida o smartphone de maior sucesso da empresa no √ļltimo per√≠odo. √Č um produto completo, mesmo sem grandes demandas: design bonito, autonomia infinita, c√Ęmera traseira tripla, desempenho est√°vel, NFC, porta USB tipo C e entrada de √°udio de 3,5 mm. Pode ser o dispositivo adequado para quem procura confiabilidade e uma tela grande com um bom rendimento. Como j√° mencionado, o ponto fraco da nova proposta do fabricante franc√™s poderia ser precisamente o pre√ßo: 249,99 euros para a configura√ß√£o 4/64 Gigabyte e 299,99 para a vers√£o 6/128 Gigabyte.

Um pre√ßo um pouco alto, tanto pelo que oferece como por compara√ß√£o com a concorr√™ncia que enfrenta. Com um n√ļmero menor, teria todas as credenciais para representar uma poss√≠vel alternativa aos smartphones, como o recente Xiaomi Mi A3, vendido por 249 euros com as vantagens que o Android One implica, ou o Huawei P30 Lite. Al√©m disso, com apenas 29 euros a mais, voc√™ pode comprar o Xiaomi Mi 9T, que possui uma plataforma de hardware mais recente, solu√ß√Ķes est√©ticas mais espec√≠ficas, como a c√Ęmera retr√°til, uma autonomia igualmente v√°lida e um setor fotogr√°fico mais satisfat√≥rio. Por fim, a queda fisiol√≥gica dos pre√ßos que ser√° afetada nos pr√≥ximos meses far√° com que o Wiko View3 Pro seja prefer√≠vel ao modelo b√°sico da View 3, cujo desempenho √© mais flutuante.