WhatsApp: permite negociar com Bitcoin e Litecoin

WhatsappO aplicativo de mensagens do WhatsApp tomou uma decisão muito importante. Segundo as informaçÔes, os usuårios poderão enviar e receber criptomoedas através do aplicativo.

A notĂ­cia foi anunciada pela RepĂșblica do Zulu com um tweet. O Zulu Ă© “um ecossistema blockchain de ferramentas e plataformas”. De acordo com o tweet, os usuĂĄrios do WhatsApp poderĂŁo negociar com Bitcoin (BTC) e Litecoin (LTC), usando a plataforma de mensagens. Este Ă© um passo muito importante, pois o aplicativo Whatsapp possui bilhĂ”es de usuĂĄrios. Esta Ă© uma grande abertura do mercado de criptografia.

O tweet dizia: “Temos o prazer de anunciar que a partir de hoje vocĂȘ pode enviar e receber #bitcoin & #Litecoin em #WhatsApp via @liteim_official!

O bot do WhatsApp aceita Bitcoin, Litecoin e o token nativo do Zulu, ZTX. Usuårios de todo o mundo agora poderão fazer transaçÔes facilmente através do aplicativo. Ultimamente, aplicativos de mensagens e plataformas de redes sociais estão cada vez mais lidando com criptomoedas. O Facebook anunciou recentemente que deseja criar seu próprio token nativo. No entanto, ainda não hå detalhes sobre quando estarå pronto e quando serå lançado.

o Facebook e WhatsApp resolve alguns problemas de segurança

O Facebook tem sido repetidamente acusado de violar a privacidade dos usuårios. No entanto, o WhatsApp (de propriedade do Facebook) também enfrenta alguns problemas de segurança, pois ficou conhecido recentemente que alguns hackers aproveitaram uma vulnerabilidade no aplicativo e conseguiram instalar spywares em smartphones iOS e Android. Essa vulnerabilidade existe hå muito tempo e permite que o spyware seja instalado simplesmente com uma chamada do WhatsApp.

Após o incidente, o WhatsApp pediu aos seus clientes que atualizassem o aplicativo para corrigir o problema. Depois disso, não temos certeza se os usuårios poderão confiar no aplicativo de mensagens para negociar suas criptomoedas. Respectivamente, o Facebook, que deseja liberar seu próprio token, foi acusado tantas vezes por proteção inadequada de informaçÔes pessoais, como resultado do qual não inspira muita confiança e segurança nos usuårios.