WannaCry Ransomware forçou a Honda a fechar uma fábrica

honda

Em maio, as notícias do WannaCry Ransomware se tornaram virais, e pesquisadores britânicos concluíram recentemente que a Coréia do Norte estava por trás do ataque. As coisas voltaram ao normal, mas isso não significa que os problemas se foram completamente.

A última vítima é a Honda Motors, que, segundo um relatório da Reuters, foi atacada em um de seus sistemas de computadores em uma unidade de produção em Sayama, no Japão.

Isso forçou a empresa a suspender a produção até que o problema fosse resolvido na terça-feira. No domingo, a empresa descobriu que o malware conseguiu influenciar as redes não apenas no Japão, mas também na Europa, China, América do Norte, entre outras. No entanto, a produção nas demais unidades não foi afetada.

A Honda não é a primeira montadora a ser vítima do WannaCry, a Renault e a Nissan também foram afetadas e foram forçadas a suspender a produção.

Fonte