Vivo APEX: 98% de relação tela / corpo e leitor de impressões digitais sob a tela

A Vivo continua com seu trabalho de redução de frames e apresenta o conceito Eu vivo APEX: o novo smartphone Android faz da extrema redução dos quadros sua razão de ser, atingindo uma Relação tela / corpo de 98%.

A aresta no lado inferior é igual a 4,3 mm, mas os outros três lados são dignos de nota: as bordas são de fato apenas 1,8 mm. Esse resultado foi possível pelo uso da tecnologia OLED para o painel.

Não apenas a redução dos quadros para caracterizar o Vivo APEX: o smartphone de fato toda a metade inferior da frente pode ler impressões digitais. Embora o tempo de leitura das impressões digitais não esteja a par dos leitores tradicionais (sendo de 0,7 s), a conveniência que esse sistema realmente garante é maior e, portanto, leva a um compromisso positivo.

Devido às bordas particularmente pequenas, a parte frontal não possui espaço suficiente para acomodar a câmera. A solução adotada no Vivo APEX é a de ocultar a câmera dentro do chassi e para garantir que ele saia quando necessário. Leva apenas 0,8 segundos para a câmera sair ou entrar.

Como você não pode inserir um alto-falante clássico para atender chamadas, a Vivo faz isso tanto a própria tela para vibrar para produzir o som – uma solução semelhante à vista nas mais recentes TVs OLED da Sony.

O setor de multimídia de todo respeito: a empresa é conhecida por sua atenção ao áudio e não nega, mesmo neste caso, integrando um DAC de alta qualidade e três amplificadores de fone de ouvido. Apresente o fone de ouvido clássico de 3,5 mm, tudo com a vantagem de compatibilidade e conforto anteriores.

No momento, o Vivo APEX representa um conceito que provavelmente não verá a luz nesta forma. Suas tecnologias podem ser reutilizadas em outros dispositivos comercializados pela empresa.

Artigos Relacionados

Back to top button