Viciado no Facebook? Você não está sozinho

Os usu√°rios do Facebook afirmam estar usando a rede social obrigatoriamente e alguns mentiram sobre n√£o comparecer a um evento social para poder controlar o Facebook, de acordo com uma pesquisa recente.

Alguns usu√°rios acham que o uso que fazem no Facebook √© for√ßado. Mais de um bilh√£o de pessoas visitaram o Facebook em 24 de agosto de 2015. Atualmente, uma em cada sete pessoas na Terra usa a rede social. O Facebook √© onipresente em nossas vidas e muitas vezes sentimos a necessidade de atualizar nossa p√°gina durante todas as ocasi√Ķes sociais.

cama do facebook

[pullquote]Prova do crescente uso do Facebook é a receita da empresa e o fato de 1.490.000.000 de pessoas usarem a rede social..[/pullquote] A pesquisa abaixo mostra algumas tendências reveladoras da maneira como o Facebook entrou em nossas vidas.

A pesquisa foi conduzida pela Stop Procrastinating – uma empresa de produtividade com sede no Reino Unido. Este artigo foi publicado no ZDNet por Eileen Brown.

A empresa solicitou informa√ß√Ķes de 2.000 pessoas que usam o Facebook regularmente e descobriu que a maioria dos entrevistados est√° preocupada com o uso for√ßado do Facebook.

A pesquisa foi realizada de 15 a 25 de julho e foi utilizada uma metodologia padronizada de pesquisa.

56% dos entrevistados descreveram o uso do Facebook como coercitivo. Os entrevistados admitiram que deixaram uma refeição em um restaurante com amigos ou seu parceiro para visitar o banheiro e verificar o Facebook.

33% conferem a p√°gina do Facebook no cinema durante um filme. 14% conferiram a p√°gina em um funeral. 12% haviam comentado uma postagem durante o casamento e 17% haviam verificado o Facebook durante o casamento de um amigo.

68% dos entrevistados est√£o preocupados com a incapacidade de controlar o uso do Facebook. De fato, 45% disseram ter encontrado uma desculpa para n√£o comparecer a um evento social para poder usar o Facebook.

32% haviam atualizado sua p√°gina, do chuveiro ou da banheira, e 56% haviam atualizado sua p√°gina enquanto estavam sentados no vaso sanit√°rio.

Sinais de que o uso do Facebook é opressivo incluem seu uso durante a leitura de uma história para seus filhos.

Os entrevistados revelaram onde haviam atualizado sua p√°gina ou comentado em uma postagem.

76% da cama quando deveriam dormir 11% no primeiro encontro17% após o sexo.33% durante um filme no cinema22% após uma operação hospitalar.26% no mar.9% no mar.9% fora durante um tempestade 72%, durante o trabalho ou aula11%, enquanto conversava com seu gato. 16% enquanto dirigia.

Trinta e seis por cento dos entrevistados disseram estar zangados quando alguns tentaram detê-los enquanto desejavam atualizar sua página.

Comentando a investigação, Tim Rollins, diretor da Stop Procrastinating, disse:

“N√£o h√° d√ļvida de que o Facebook √© uma parte importante de nossas vidas, pois permite compartilhar nossas experi√™ncias e sentimentos com nossos amigos, n√£o importa onde possamos estar.

√Č um milagre da era da Internet que nos permite compartilhar nossa vida, pensamentos e sentimentos com nossos amigos o tempo todo. ‚ÄĚ