Uma bateria com ciclos de carregamento quase ilimitados foi criada por acidente

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, Irvine, criaram uma bateria que pode durar até 400 vezes mais do que as atualmente em uso. Vale ressaltar que essa descoberta foi feita por engano.

Os pesquisadores estavam tentando pesquisar baterias alternativas em comparação com os íons de lítio que temos hoje e acabaram criando não apenas um design de estado sólido, mas uma bateria que consegue fornecer 200.000 ciclos de carga. Dado que, na melhor das hipóteses, as baterias dão até 7.000 ciclos, essa invenção é claramente muito importante.

O que a equipe de pesquisa procurava são novas maneiras de projetar baterias, que não dependerão de líquidos para manter a carga. Essa é uma das razões pelas quais as baterias de lítio têm tantas limitações para seu transporte e armazenamento, devido ao fato de que o conteúdo líquido as torna sensíveis à temperatura e inflamáveis.

Em vez de líquido, a equipe usou um gel de eletrólito e o combinou com nanopartículas de ouro (em vez de lítio) para armazenar eletricidade.

Durante os testes que duraram 3 meses e após 200.000 ciclos de carga, os pesquisadores não viram redução na capacidade de carga ou qualquer dano no interior da bateria.

battery-01-570

battery-02-570

Fonte