Um homem acabou com 4 ímãs no nariz devido à quarentena!

ímãs

Com a pandemia de coronavírus continuando a se espalhar, muitas pessoas foram forçadas a fechar suas casas. A maioria das pessoas gasta seu tempo livre fazendo várias coisas, como jogar, assistir filmes ou séries e conversar ao telefone com seus amigos e parentes.

Outros ainda tentam gastar seu tempo experimentando, o que nem sempre termina bem. Um desses casos foi o de um astrofísico australiano, que acabou com 4 ímãs no nariz e foi forçado a ser levado ao hospital.

O incidente aconteceu quando ele estava tentando criar um colar, que funciona como um aviso quando alguém tenta tocar seu rosto.

A experiência falhada

O astrofísico, Dr. Daniel Reardon, da Universidade de Melbourne, tentou criar um colar que alertaria o usuário quando ele tentasse tocar seu rosto inconscientemente.

Para conseguir isso, ele tentou criar um circuito que detecta campos magnéticos entre um colar magnético e uma pulseira. No entanto, ele alegou que não tinha o conhecimento necessário para construir esse circuito.

Quando ele percebeu que seu experimento havia falhado, começou a brincar com os ímãs, tentando enfiá-los nos ouvidos.

Depois disso, ele tentou enfiá-los no nariz, mas dois dos ímãs ficaram no nariz. Na tentativa de remover esses ímãs com a ajuda de outros ímãs, ele acabou com quatro ímãs presos no nariz. Incapaz de tirá-los, ele correu para o hospital.

√ćm√£s poderiam ter amea√ßado sua vida se ele n√£o os tivesse removido a tempo, mas o Guardian agora diz que est√° tudo bem. Os m√©dicos removeram os √≠m√£s √† m√£o, usando spray anest√©sico e descreveram o incidente como um “acidente chato”. Segundo o astrof√≠sico, ele n√£o pretende lidar com experimentos com √≠m√£s novamente no futuro.