Um ex-jogador de Counter-Strike foi condenado a 116 anos de pris√£o

Contador

Um jogador de Counter-Strike chamado Shayene “shAy” Victorio foi condenado a 116 anos de pris√£o por acusa√ß√Ķes de fraude. Segundo o Universo Online, Victorio foi acusado de receber dinheiro dos usu√°rios para sua loja online, mas nunca entregou os produtos que havia comprado.

Victorio ficou famoso por jogar Counter-Strike: até ganhou o título de Ofensiva Global profissionalmente. No entanto, pouco depois, ela deixou o mundo dos jogos para trás e se envolveu nas mídias sociais. De fato, ele conseguiu se tornar um influenciador de sucesso, com dezenas de milhares de seguidores e fãs.

O ex-jogador, origin√°rio do Brasil, tamb√©m administrou uma loja on-line de 2013 a 2017. No entanto, segundo as informa√ß√Ķes, Victorio nunca entregou os produtos encomendados por v√°rios usu√°rios, mesmo quando eles pagaram. . Ele tamb√©m nunca devolveu o dinheiro deles. O valor exato n√£o foi anunciado.

Victorio foi condenado a 116 anos de prisão, embora a lei brasileira preveja uma sentença máxima de 30 anos por um crime.

Victorio e seu advogado entraram com uma a√ß√£o, alegando que seus ex-associados e ex-marido s√£o respons√°veis ‚Äč‚Äčpela fraude. Seu advogado ainda acrescentou que uma senten√ßa de 116 anos √© “desumana”.

“Vamos apelar da senten√ßa que considerarmos desumana, aguardando uma nova decis√£o sob o pretexto do princ√≠pio da inoc√™ncia”, disse seu advogado ao Universo Online.

Victorio também fez uma postagem em sua conta do Instagram, na qual ela diz que ainda não foi presa porque está em processo de apelação. No entanto, se o recurso falhar, o que é extremamente improvável, somente então ele poderá ser preso em prisão preventiva.