Um caso de envio de uma mensagem amea├žadora via Facebook foi investigado

unidade grega do crime cibern├ętico

A Diretoria de acusa├ž├úo de crimes cibern├ęticos entrou com um processo por enviar uma mensagem em um site de rede social, onde se falava de amea├žas contra uma pessoa na prefeitura de Evia.

De acordo com a investiga├ž├úo policial, um estrangeiro de 16 anos, cidad├úo da Alb├ónia, enviou uma mensagem a um menor que vive no exterior, atrav├ęs da p├ígina do Facebook, sem o conhecimento do administrador real do “perfil pessoal”, outro estrangeiro menor de 15 anos, Al.

Atrav├ęs desta mensagem, ele informou ao menor que sua vida foi supostamente amea├žada pelo verdadeiro dono do “perfil pessoal”.

Para esclarecer o caso, depois de cooperar com o Servi├žo Interpol dos Estados Unidos e o correspondente Servi├žo Grego, a Diretoria de Processos Cibern├ęticos contatou imediatamente a empresa e ap├│s uma pesquisa digital completa identificou a mensagem em sua conex├úo on-line, que foi usada. .

Um cidadão albanês de 43 anos, mãe do menor, foi encontrado desaparecido em seu perfil pessoal.

As pessoas envolvidas estavam localizadas em uma ├írea da prefeitura de Evia, por um grupo de policiais da AT. Chalkidas, enquanto o estrangeiro de 16 anos admitiu ter enviado a pol├¬mica mensagem, mas afirmou que n├úo pretendia realizar as amea├žas.

O processo ser├í submetido ao Minist├ęrio P├║blico de Atenas.

Fonte: crimesonair.blogspot.gr