Tim Cook está fazendo uma segunda viagem à China para se reunir com funcionários do governo

tim-cook-china

Tim Cook embarcou em uma segunda visita √† China em 2013. O CEO da Apple se reuniu com Miao Wei, chefe do Minist√©rio da Ind√ļstria e Tecnologia da Informa√ß√£o, para discutir o desenvolvimento da ind√ļstria de tecnologia da informa√ß√£o, comunica√ß√Ķes m√≥veis e a expans√£o da Apple na China.

A empresa de Cupertino dobrou o n√ļmero de lojas no pa√≠s e, ao mesmo tempo, seus dispositivos iOS aumentaram muito sua popularidade. A √ļltima visita de Cook √† China foi em mar√ßo de 2010, pouco depois de prometer investir pesadamente no maior mercado do mundo.

Desde ent√£o, a Apple abriu cinco novas lojas na China e Hong Kong, agora com um total de 11. Na √ļltima vez em que Cook visitou a China, havia apenas seis.

A porta-voz da Apple, Carolyn Wu, disse √† Bloomberg que n√£o havia informa√ß√Ķes adicionais dispon√≠veis na reuni√£o de Cook com Wei, pois ele n√£o conseguiu revelar quanto tempo o CEO da Apple ficar√° l√° e com quantos mais ele tem uma reuni√£o.

Durante sua visita anterior, Cook havia saído da fábrica da Foxconn onde são fabricados dispositivos Macs e iOS, mas ainda não se sabe se ele visitará novamente desta vez.

Al√©m disso, alguns acreditam que ele pode estar visitando a China Mobile, a maior operadora de telefonia m√≥vel do mundo. E embora as vendas do iPhone na China tenham sido extremamente bem-sucedidas, a China Mobile ainda n√£o disponibilizou o dispositivo nas lojas. Eles est√£o em discuss√Ķes desde 2007, quando o primeiro iPhone foi lan√ßado, mas ainda n√£o chegaram a um acordo.

Steve Jobs, em sua biografia de Walter Isaacson, revelou que nunca havia estado na China. Tim Cook fez duas viagens em 10 meses.

Dimitrios Georgoulas @ GreekAppleNews