Teste de demonstração: Sony Xperia XZ2 e Sony Xperia Ear Duo

Veríamos de perto os novos smartphones Sony Xperia XZ2 e XZ2 Compact e também havia a oportunidade de encontro com especialistas da empresa japonesa conhecer e entender um pouco melhor as muitas peculiaridades desses produtos.

P 20180227 170157

Existem alguns aspectos √≥bvios √† primeira vista, de fato, come√ßando pelo design de vidro e metal, as maiores dimens√Ķes e as movendo o leitor de impress√£o digital. Pessoalmente, eu preferi isso ao lado, perto do bot√£o liga / desliga. Mas o objetivo era reduzir a espessura e o espa√ßo simplesmente n√£o era suficiente. Portanto, o Xperia perdeu uma de suas caracter√≠sticas distintivas, mas ganhou um design mais moderno e, acima de tudo, mais ergonomia. Segurando-os na m√£o, voc√™ sente como s√£o s√≥lidos, uma impress√£o confirmada pelo chassi feito de uma √ļnica pe√ßa de alum√≠nio exibida no estande da Sony.

Novo conceito de vibra√ß√Ķes

P 20180227 165402

Por√©m, como costuma acontecer, as coisas mais interessantes s√£o aquelas que n√£o s√£o vistas a olho nu. Com o objetivo de melhorar o uso de v√≠deos e videogames, a Sony desenvolveu e integrou um novo motor de vibra√ß√£o, muito maior que os comuns. E ele desenvolveu um sistema que ativa diferentes padr√Ķes de vibra√ß√£o, dependendo do sinal de √°udio. √Č sobre Sistema de Vibra√ß√£o Din√Ęmico – uma novidade que, entre outras coisas, tira proveito das novas APIs espec√≠ficas inclu√≠das no Android 8 Oreo.

Leia também Sony Xperia XZ1 Review

Especificamente, assistindo a um filme no telefone vibra seguindo o que acontece, e sentimos essas vibra√ß√Ķes nas m√£os; o mesmo acontece com os videogames. Quando ouvi essas not√≠cias pela primeira vez, no in√≠cio do Mobile World Congress 2018, parecia-me o achado barato de sempre. Durante a demonstra√ß√£o da Sony, no entanto, devo dizer que as vibra√ß√Ķes nas m√£os t√™m um efeito positivo em filmes e videogames, ou pelo menos me pareceu durante um teste muito curto.

O novo motor de vibração é particularmente flexível: ele pode vibrar com muita força, mas também de uma maneira quase imperceptível, e sincroniza bem com o áudio. O resultado é interessante; Não tenho certeza se gostaria disso a longo prazo, mas na primeira vez, se nada mais, o efeito surpresa funcionou.

Tela ainda melhor

Comparado com o ano passado, a Sony n√£o mudou o hardware, al√©m do SoC. O painel √©, portanto, o mesmo dos modelos anteriores, mas a empresa refinou ainda mais o software que, lembre-se, √© o dos televisores (Bravia Engine). O resultado √© mais do que bom: gra√ßas ao esfor√ßo renovado, a mesma imagem e os mesmos v√≠deos 4K HDR parece melhor no novo Xperia XZ2 comparado ao XZ1 – que tamb√©m possui excelentes telas. A Sony tamb√©m passou para um Ampla gama de cores de 10 bits (era de 8 bits), e isso permite uma melhor reprodu√ß√£o da passagem entre as cores (gradientes e tons), mas tamb√©m uma maior precis√£o das mesmas – trivialmente porque √© poss√≠vel reproduzir um n√ļmero maior delas.

Desempenho fotogr√°fico

P 20180227 165638

O sensor fotogr√°fico do novo Xperia XZ2 e XZ2 Compact √© o mesmo do ano passado, ou seja, o IMX400 ExmorRS. Um suporte que certamente n√£o precisa de substitui√ß√£o. A empresa japonesa, no entanto, este ano incluiu o Snapdragon 845, que integra um novo ISP (Processador de sinal de imagem) com maior desempenho. Ent√£o, aqui est√° a oportunidade de fazer alguns pequenos ajustes: registro Super c√Ęmera lenta a 960 FPS agora isso pode ser feito em FullHD (1080p) e a grava√ß√£o 4K HDR tamb√©m chega. Quanto √† c√Ęmera lenta, a Sony tem reduza o tempo de grava√ß√£o pela metade, de 6 a 3 segundos, para compensar a maior quantidade de dados a serem gerenciados no FHD. Em suma, um compromisso aceit√°vel, que n√£o exigia a instala√ß√£o de mem√≥ria adicional.

P 20180227 170010

Sobre o Super Slow Motion a 960 FPS, também lançado este ano pela Samsung com o Galaxy S9, vale a pena gastar mais duas palavras. Não é uma função que agrega valor nele mesmo, e acho que a Samsung poderia ter feito um esforço extra desse ponto de vista. No caso da Sony, se nada mais, foi introduzido no ano passado, juntamente com várias outras coisas.

Leia a revis√£o Sony Xperia XZ1 Compact

√Č √ļtil de uma maneira ou de outra? A resposta √© como sempre “depende”. Se penso no pai que espera imortalizar os filhos em um v√≠deo espetacular em c√Ęmera lenta, temo que haja decep√ß√Ķes amargas no horizonte. N√£o que seja imposs√≠vel, mas √© dif√≠cil. O ponto √© que essa fun√ß√£o n√£o faz parte do uso “ing√™nuo” da c√Ęmera de v√≠deo, aquela que envolve enquadrar e pressionar um bot√£o. Para obter um bom v√≠deo de 960 FPS, voc√™ precisa se preparar com anteced√™ncia e, possivelmente, saber o que est√° fazendo. Nesse ponto, com um pouco de pr√°tica, o resultado espetacular est√° realmente ao alcance de todos.

P 20180227 165757

Aqui, quem já produz vídeos normalmente ou aqueles que desejam fazer isso, encontrarão nos smartphones da Sony (e no GS9) um aliado válido. E sim, eu sei que existem pessoas por aí que terão um ataque cardíaco quando ouvirem sobre smartphones para produzir vídeos profissionais. Só posso recomendar que essas pessoas mudem de atitude conforme o mundo mudou.

Sempre gra√ßas ao melhor ISP integrado no SoC, a Sony tamb√©m pode aumentar a sensibilidade ISO m√°xima, um dos par√Ęmetros que permitem tirar e fotografar com pouca luz dispon√≠vel. 51200 ISO para fotos e 12800 ISO para v√≠deos, valores muito altos. Na demonstra√ß√£o, os t√©cnicos da Sony enfatizaram que o olho humano n√£o atinge os mesmos valores. Na sala da Sony, vimos algumas coisas not√°veis, mas preferimos esperar e experimentar os smartphones antes de expressar um julgamento.

P 20180227 165900

Já, no entanto, um aspecto surgiu com extrema clareza: neste 2018 o desafio entre os melhores smartphones passa para a fotografia noturna. Considerando o que vimos, você não encontrará nenhum telefone que possa fazer milagres, mas o passo adiante em relação ao ano passado é notável. Além disso, as várias marcas (Sony, Samsung, LG, Nokia, etc.) possuem uma abordagem diferente e será interessante ver como serão os resultados reais.

Nesse sentido, foi interessante ver um prot√≥tipo da Sony, que poderia acabar nos smartphones da pr√≥xima gera√ß√£o, capazes de capturar efetivamente muitas informa√ß√Ķes de imagem em uma cena quase totalmente sombria. Vimos algo semelhante tamb√©m na casa da LG, mas a casa sul-coreana estava mostrando uma solu√ß√£o de software – em breve tamb√©m dispon√≠vel no V30 – enquanto no caso da Sony √© um novo hardware. Longe da diferen√ßa insignificante.

Sony Xperia Ear Duo

P 20180227 165120

Usar o novo fone de ouvido da Sony não é exatamente fácil, ainda mais se você tem ouvidos levemente ondulados como eu. Mas é uma dificuldade que é superada depois de alguns dias e mais do que compensada pelo fato de eu estar incrivelmente confortável. Quase parece que você não tem nada com você, o que já é um bom resultado Рentendendo-se que eu os usei por menos de dez minutos e não posso dizer se algo muda a longo prazo.

A parte principal, com o hardware e a superf√≠cie de toque, vai “encaixar” atr√°s da orelha, na parte inferior. Um arco de pl√°stico passa por baixo e o fone de ouvido repousa suavemente para cobrir a √°rea central. Tudo se encaixa quase perfeitamente.

P 20180227 164905

A m√ļsica tem uma qualidade cristalina e a voz do cantor parecia perfeita. Sem perturba√ß√£o, sem distor√ß√£o. Tentei aumentar o volume ao m√°ximo – basta deslizar o dedo em um dos dois fones de ouvido – sem obter muito. Definitivamente, um limite devido √†s configura√ß√Ķes da demo, como o baixo, que falta um pouco, a ser verificado posteriormente nos testes.

O interessante √© como o Xperia Ear Duo realmente consegue “gerenciar” o contexto. Eu podia ouvir as pessoas conversando muito bem e, ao mesmo tempo, o sinal de √°udio permanecia aud√≠vel. Foi um teste muito curto, que me permitiu verificar a beleza, o bom acabamento e a aparente funcionalidade desse objeto. Mas ainda tenho um grande desejo de fazer um teste mais completo. Como julgamento provis√≥rio, eles s√£o promovidos.

P 20180227 164923

Sublinhar que a autonomia declarada √© “apenas” quatro horas, que na verdade n√£o s√£o muitas. Mas √© importante lembrar que o case tamb√©m tem uma bateria: basta colocar os fones de ouvido em 15 minutos para obter a energia necess√°ria. A menos que voc√™ pense que os tem o dia inteiro, n√£o deve ser um problema. Os assistentes de voz integrados n√£o puderam ser testados: o Google Assistant e o da Sony, que d√£o acesso a alguns comandos especiais.