Teramo, diatribe Ruzzo Reti. O municĂ­pio: “Vencemos”, a empresa: “Avaliamos açÔes judiciais” VÍDEO

No inĂ­cio, as renĂșncias de Antonio Forlini, ex-presidente do conselho de Ruzzo Reti.

A partir de então (mas também antes), o desafio entre o Município de Teramo e o atual conselho de administração da sociedade de aquedutos começou oficialmente.

A administração da capital, a Ășnica entre os membros comuns, interpĂŽs recurso hĂĄ meses para a composição do entĂŁo Conselho apĂłs a renĂșncia de Forlini como presidente. Esse BoD entĂŁo renunciou e o atual conselho foi eleito.

E apĂłs a decisĂŁo da sentença arbitral das Ășltimas horas, esta manhĂŁ os partidos (prefeito de Teramo e presidente do Conselho, Alessia Cognitti) voltaram a se enfrentar remotamente ao som de entrevistas coletivas. D’Alberto reivindica uma vitĂłria substancial, reiterando que nĂŁo hĂĄ questĂ”es pessoais ou polĂ­ticas por trĂĄs de suas açÔes, mas a proteção dos cidadĂŁos; Alessia Cognitti respondeu ao primeiro cidadĂŁo e anunciou a avaliação do processo por difamação “se as transcriçÔes mostrassem que ontem na prefeitura o prefeito disse que ‘vocĂȘ sabe como funciona a contratação em Ruzzo Reti’. Explique melhor sua afirmação. ” Observe que nem tanto na margem, as custas judiciais serĂŁo pagas em conjunto entre o MunicĂ­pio e Ruzzo.

PREFEITO

AS RESPOSTAS DA PRESIDENTE ALESSIA COGNITTI E VICE ALFREDO GROTTA