Tempo zero no Ir√£: √† espera de uma “explos√£o” tecnol√≥gica

Hora Zero do Ir√£: Esperando Explos√£o Tecnol√≥gica – O Tratado de N√£o Prolifera√ß√£o Nuclear, que deve suspender muitas san√ß√Ķes contra Teer√£, poderia ajudar a atrair capital e tecnologia estrangeiros que impulsionariam significativamente seu setor de tecnologia. pa√≠s.

O acordo entre o Ir√£ e as for√ßas 5 + 1 sobre o programa nuclear de Teer√£ tem sido um dos problemas mais graves da comunidade internacional nos √ļltimos dias.

Tempo zero no Irã: à espera de uma "explosão" tecnológica

Mesmo que o acordo seja ratificado pelo Congresso e pelas autoridades iranianas, é provável que isso aconteça Рe estima-se que uma das áreas no Irã que mais se beneficie é a da tecnologia.

De acordo com uma análise do Washington Post, o Irã possui um dos setores de tecnologia que mais cresce na região e, apesar da proibição estrita (redes sociais, TV via satélite), quase todo mundo tem a capacidade de usar a tecnologia. serviços avançados (60% dos iranianos usavam o Facebook regularmente em 2012, embora fosse ilegal Рaté o aiatolá Ali Khamenei, o principal líder do país, atua nas mídias sociais).

Mas al√©m do “consumo de tecnologia”, os iranianos parecem capazes e dispostos a produzir tamb√©m, coincidindo com os tempos. Exemplos t√≠picos s√£o Digikala, a “Amaz√īnia Iraniana”, considerada a maior loja on-line do Oriente M√©dio, ou o caso da Avatech, que fornece financiamento para startups locais, organiza “hackathons” e investe em empresas que at√© se encaixariam Vale do Sil√≠cio (Reyhoon, Parvaneh e outros – respectivamente Seamless, Grubhub, Etsy).

Christopher Schroeder, autor ¬ęStartup em ascens√£o: a revolu√ß√£o empreendedora que remaneja o Oriente M√©dio¬Ľ O governo iraniano diz que ap√≥ia 31 incubadoras iniciantes que est√£o desenvolvendo solu√ß√Ķes tecnol√≥gicas para os desafios do pa√≠s – enquanto as redes de telecomunica√ß√Ķes do Ir√£ recebem mais de um milh√£o de novos smartphones por m√™s.

Como resultado, a demanda por acesso √† Internet √© enorme e crescente. E, nesse contexto, o acordo sobre o programa nuclear, que deve levar ao levantamento de muitas san√ß√Ķes contra Teer√£, poderia ajudar a atrair capital e tecnologia estrangeiros, o que fortaleceria significativamente o setor de tecnologia do pa√≠s.

De qualquer forma, n√£o se espera que isso aconte√ßa da noite para o dia, mas espera-se que algo semelhante aconte√ßa com Cuba, com o aumento do com√©rcio entre os Estados Unidos e o Ir√£ no campo das telecomunica√ß√Ķes.

“O levantamento das san√ß√Ķes n√£o √© apenas ajudar o Ir√£. √Č tamb√©m uma maneira de as empresas americanas terem acesso a um dos mercados mais importantes do Oriente M√©dio no meio de um per√≠odo em que outros, como a China, est√£o investindo agressivamente “, afirmou o comunicado.

Tempo zero no Irã: à espera de uma "explosão" tecnológica

fonte: naftemporiki.gr