Tecnologia explicada: O que é RAM?

Tecnologia explicada: O que √© RAM?A mem√≥ria √© um dos subsistemas vitais do computador e absolutamente necess√°rio para sua opera√ß√£o. Apesar de sua crescente import√Ęncia, no entanto, h√° confus√£o sobre seu papel exato, especialmente de pessoas que n√£o possuem conhecimentos de inform√°tica. Neste artigo, analisaremos o que √© mem√≥ria, o que N√ÉO √© mem√≥ria e quanto voc√™ precisa <‚Ķ>

voc√™ tem no seu computador para “voar”.

Dados de cozimento

Para começar, a distinção mais importante que devemos fazer é a seguinte, que confunde muitos usuários:

A memória NÃO é um disco rígido. Memória e disco rígido são duas coisas completamente diferentes.

Suponha que o computador fosse, figurativamente falando, a sala da cozinha. E esses arquivos e programas de computador s√£o comida de cozinha. Em seguida, o seguinte se aplicaria:

  • O disco r√≠gido s√£o os arm√°rios e a geladeira.
  • RAM √© o balc√£o da cozinha, forno e fog√£o.
  • O processador √© a pessoa que cozinha.
  • O usu√°rio do computador √© a fam√≠lia do cozinheiro, esperando a comida ser preparada.
  • O disco r√≠gido (arm√°rios e geladeira) cont√©m todos os nossos arquivos e programas (alimentos), se os usamos hoje, amanh√£ ou nunca. Por constru√ß√£o, o disco r√≠gido √© muito mais lento que a mem√≥ria, pois √© mais lento encontrar comida nos arm√°rios do que se j√° os tivermos no balc√£o (precisamos abrir o arm√°rio, encontrar a comida que precisamos entre tantas outras, tire-os do arm√°rio e feche a porta novamente).

    A memória (balcão, forno e fogão) é o local em que o processador (cozinheiro) coloca arquivos e programas (alimentos) para processá-los. O espaço da memória é muito menor do que o disco rígido, de modo que o balcão da cozinha não pode de forma alguma acomodar todos os alimentos que temos nos armários e na geladeira. Tudo no balcão, no entanto, está imediatamente à nossa disposição.

    Então, quando a família quer comida, o cozinheiro retira a comida dos armários e da geladeira, corta, mistura e assa no balcão e serve para a família.

    Da mesma forma, quando um usuário do computador dá um comando, o processador transfere o programa para a memória, processa os dados e fornece ao usuário o resultado final.

    Quando um computador tem um pouco de memória, é como se a cozinha tivesse um balcão muito pequeno. O balcão pequeno não comporta muitos alimentos ao mesmo tempo. O cozinheiro, a fim de abrir espaço para novos alimentos, deve abrir os armários e a geladeira para colocar a mídia antiga. Esse processo leva muito tempo. Se houver muita comida no balcão, o cozinheiro não saberá o que é, as coisas cairão e quebrarão e, na pior das hipóteses, nenhum fogo poderá pegar.

    Essa transfer√™ncia de arquivos da mem√≥ria para o disco r√≠gido, quando a mem√≥ria est√° esgotada, √© denominada “Mem√≥ria Virtual”. E como o disco r√≠gido √© centenas de vezes mais lento que a mem√≥ria, esses dados diminuem significativamente a velocidade do sistema – eles podem at√© travar completamente e precisam ser redefinidos. Obviamente, a mem√≥ria virtual pode estar lenta, mas se n√£o existisse, assim que o espa√ßo acabasse, o sistema travaria diretamente.

    Quanta memória precisamos?

    A quantidade de memória que nosso computador precisa depende de três coisas: o sistema operacional, os programas que estamos executando e a maneira geral de usá-lo.

    Por exemplo, se um computador executa o Windows XP e o usuário usa apenas o Word 2003 e gera e não gera senhas, 512 MB de memória são mais que suficientes.

    Por outro lado, se um usuário tiver o Windows 7 no computador, jogar jogos com altas demandas e sempre tiver 2-3 palavras abertas a qualquer momento, 3-4 janelas no navegador com 5-6 guias cada, precisará de pelo menos 4 GB de memória.

    Por fim, um profissional executando programas pesados, como o Photoshop para edi√ß√£o de imagens, o AutoCAD para criar projetos arquitet√īnicos ou o Premiere para edi√ß√£o de v√≠deo digital, pode precisar de 6, 8 ou mais GB de mem√≥ria.

    No entanto, mesmo para uso doméstico pesado, 4 GB são bons o suficiente, na grande maioria dos casos. No mínimo, para computadores com Windows XP, colocaríamos 512 MB, enquanto para o Windows 7, colocaríamos 1 GB.

    Obviamente, quando 4 GB custam menos de 20 euros em lojas espec√≠ficas, n√£o h√° raz√£o para escolher algo menos para o nosso computador. A menos, √© claro, que nossa placa-m√£e n√£o suporte tanta mem√≥ria (consulte “Selecionando a RAM correta” abaixo).

    Cuidado: 4 GB √© o limite de mem√≥ria que vers√Ķes simples do Windows de 32 bits podem reconhecer (para ser preciso, dependendo da composi√ß√£o do computador, eles reconhecer√£o de 3 a 3,8 GB no m√°ximo). Mesmo que um computador tivesse 16 GB de RAM, se tivesse um sistema operacional de 32 bits, n√£o seria capaz de usar mais do que 3-3,8 GB, com o restante permanecendo inativo.

    Para computadores que precisam de mais mem√≥ria, existem vers√Ķes de 64 bits do Windows. Os novos computadores vendidos com 4 GB de mem√≥ria ou mais v√™m com o Windows de 64 bits. No entanto, se o seu computador for mais antigo e voc√™ desejar adicionar mem√≥ria, mantenha o limite de 4 GB.

    Escolhendo a RAM certa

    Se você pretende comprar uma nova memória, é necessário garantir que o tipo de memória seja compatível com os recursos da placa-mãe, além de ter espaço disponível para instalá-la.

    Para descobrir tudo isso, consultaremos nosso artigo anterior “Veja o tipo de mem√≥ria que voc√™ instalou no seu computador”.

    Finalmente, ao comprar lembranças, há uma chance de você encontrar algo bastante paradoxal. Memórias da tecnologia antiga custam até 8 vezes mais do que memórias da nova tecnologia! Nesse caso, enquanto 4 GB de memória DDR3 custam cerca de 20 euros, 1 GB de memória DDR custa 40 euros!

    Isto é devido à oferta e demanda. Os sistemas modernos não suportam mais as memórias DDR e, portanto, não há muita demanda. Portanto, se a placa-mãe suporta apenas memórias DDR, ela é forçada a comprá-las com um preço muito alto ou muda a placa-mãe e seu processador e compra as memórias DDR3 modernas.

    Nos próximos dias, publicaremos um artigo sobre como você pode, sozinho e sem a ajuda de um técnico, instalar sua nova memória no seu computador.