Stephen Hawking O universo não é um produto da intervenção divina

Em 16 de abril, o físico, cosmologista e autor de renome internacional Stephen Hawking deu uma palestra no Instituto de Tecnologia da Califórnia e fez uma série de declarações que certamente não seriam do agrado de todos.

Em resumo, o físico argumentou que, tendo pensado muito sobre esse assunto, chegou à conclusão de que Deus não tinha absolutamente nada a ver com o Big Bang.

Em outras palavras, nosso universo não é de modo algum o resultado ou produto da intervenção divina.

Stephen HawkingDe acordo com o Space, Stephen Hawking também apontou que, embora os físicos ainda estejam lutando para encontrar maneiras de explicar cientificamente a composição e a dinâmica do universo, a maioria das pessoas acredita que é o resultado de um Deus. .

“O que Deus fez antes da criação divina? Ele estava preparando o inferno para as pessoas que fazem essas perguntas? Disse o físico, brincando.

Stephen Hawking afirmou que, a julgar pelas observações feitas até o momento, a chamada Teoria M explica melhor o universo.

Com a Teoria-M, os físicos reconhecem múltiplos universos que surgiram do nada e que esses universos andam de mãos dadas com várias histórias e diferentes estados de existência.

Destes, apenas alguns têm vida, e menos ainda permitiram que algo como a humanidade se desenvolvesse.

“O fato de nós humanos, que somos parte da natureza, chegarmos perto de entender as leis que nos governam e nosso universo é um grande triunfo”, diz Stephen Hawking.

O grande físico ao final de sua palestra sobre o Universo pediu à humanidade que estivesse pronta para deixar o planeta o mais rápido possível.

“Devemos continuar trabalhando pelo futuro da humanidade. Eu não acho que a frágil Terra sobreviverá por mais mil anos “.