Sony: é por isso que a câmera do Xperia 1 é superior à de seus antecessores

Durante o Mobile World Congress, a Sony apresentou seu novo topo de gama Xperia 1. O smartphone com um sistema de câmera tripla traseira representa uma mudança de rumo na casa japonesa. Por muitos anos, as câmeras dos smartphones Sony não estão à altura da concorrência, apesar da capacidade da divisão Sony Alpha no campo fotográfico. O motivo parece simples: parece não haver comunicação entre a equipe do Xperia e a das câmeras.

Isso foi afirmado por Adam Marsh – Gerente SĂŞnior de Marketing Global – em uma entrevista Ă  TrustedReviews, na qual falamos sobre barreiras internas reais que provavelmente impediram o fluxo normal de informações entre as duas divisões. Alpha – um especialista em sistemas de câmera reflex e mirrorless – parece ter relutado em passar informações para a seção Mobile para evitar que a mesma qualidade de uma câmera de milhares de euros possa acabar nos smartphones Xperia.

Detalhe na câmera tripla.

Essa posição nĂŁo teria feito nada alĂ©m de criar uma lacuna com os concorrentes diretos no campo dos smartphones. No entanto, a situação parece ter mudado de direção, graças tambĂ©m a uma mudança no topo. Desde que Kenichiro Yoshida se tornou CEO, Kimio Maki – responsável pela Digital Imaging – foi encarregado da produção da Sony Mobile.

Essa colaboração começou a dar frutos precisamente com o Xperia 1. Como pudemos aprofundar em nosso artigo anterior, a parte superior da gama está equipada com três câmeras de 12MP que integram uma lente padrão, uma lente grande angular e uma teleobjetiva. A grande novidade é a presença do foco automático nos olhos, o sistema de foco avançado até agora exclusivo para câmeras sem espelho.

AlĂ©m disso, Marsh diz que está lá maior redução de ruĂ­do graças ao algoritmo – presente nas câmeras Alpha – que intervĂ©m diretamente no arquivo RAW. O Xperia 1, por outro lado, poderá extrair arquivos RAW usando aplicativos de terceiros. Os smartphones Xperia se beneficiarĂŁo apenas dessa uniĂŁo de forças, mas estamos esperando para testar o novo topo da empresa japonesa em campo para entender se as novas câmeras estĂŁo realmente Ă  altura dos rivais.