Snapdragon 835 se destaca nos benchmarks oficiais

o Snapdragon 835 Ă© mais poderoso que Exynos 8890 (o SoC da Galaxy S7) ele nasceu em Kirin 960 (o processador Huawei P10) É isso que emerge dos benchmarks oficiais realizados na nova plataforma mĂłvel gama superior de Qualcomm. TĂŁo boas notĂ­cias para o Galaxy S8 (Variante dos EUA) e o Xperia XZ Premium, os smartphones que serĂŁo equipados com a nova solução da empresa californiana.

Antes de analisar os resultados específicos dos benchmarks, alguns esclarecimentos devem ser feitos. Para executar o teste, lo Snapdragon 835 foi inserido em um protótipo feito diretamente pelo Qualcomm (com 6 GB de RAM LPDDR4 e tela 2.560 x 1.820) e caracterizada por uma espessura superior à média da dos smartphones comuns. Isso pode ter fornecido vantagens em termos de dissipação de calor.

Sony Xperia XZ Premium Render 3
Xperia XZ Premium com Snapdragon 835

Segundo, os benchmarks não representam necessariamente o desempenho real no uso diårio, enquanto fornecem indicaçÔes importantes. Não estå excluído que, em termos pråticos, alguém possa ter dificuldade para ver a diferença real de desempenho entre um Galaxy S8 com Snapdragon 835 e um Galaxy S7 com Exynos 8890.

Dito isto, o primeiro benchmark levado em consideração é AnTuTu. Nesse caso, o teste considera todos os vårios componentes do SoC (RAM, CPU, GPU), destacando uma clara lacuna com dispositivos como Oneplus 3T é Pixel XL (ambos com Snapdragon 821), além do jå mencionado Galaxy S7 (Exynos 8890), Galaxy S7 Edge (Snapdragon 820) e Huawei P10 (Kirin 960).

AnTuTu Snapdragon 835
O benchmark AnTuTu

Mais especificamente, com o GeekBench, acontece como Snapdragon 835 construa sua liderança em mĂșltiplos nĂșcleos, com a diferença que parece estar diminuindo em um Ășnico nĂșcleo. No entanto, fala-se em um aumento de desempenho de 25% em relação ao Snapdragon 820, que aumenta acentuadamente no setor grĂĄfico.

Geekbench Snapdragon 835
O benchmark GeekBench

Graças Ă  referĂȘncia de GFXBench de fato, Ă© possĂ­vel perceber como a nova GPU Adreno 540 pode oferecer desempenho atĂ© 40% maior que o Adreno 530ou a GPU Snapdragon 820 e 821. A Qualcomm pode ter se concentrado nesse aspecto em vista de uma aplicação do Snapdragon 835 no setor de realidade virtual.

GFXBench Snapdragon 835
O benchmark GFXBench em GPUs

A situação Ă© diferente em relação ao SoC A10 Fusion, com o qual estĂĄ equipado iPhone 7 Plus. Nesse caso, a solução maçã tem mais desempenho em nĂșcleo Ășnico do que o Snapdragon 835, que se destaca em vĂĄrios nĂșcleos, mesmo com uma distĂąncia muito curta em comparação com a registrada na faixa superior do Android.

Geekbench Snapdragon 835
A comparação com o A10 Fusion

Praticamente um confronto também no campo gråfico com A10 Fusion, um resultado que demonstra como a otimização de software pode ser a verdadeira agulha da balança. Serå muito interessante verificar quais serão os resultados do SoC maçã irå inserir a bordo iPhone 8provavelmente o A11 Fusion.

Neste ponto, a bola passa inevitavelmente para o uso diĂĄrio. o Snapdragon 835 serĂĄ chamado para confirmar esses nĂșmeros a bordo dos vĂĄrios Galaxy S8, Xperia XZ Premium, Xiaomi Mi 6 (apenas para citar alguns). O jogo serĂĄ jogado, como sempre, no contexto de equilibrar desempenho, consumo e dissipação de calor.