Snapdragon 450, o alcance médio-baixo dá um salto qualitativo

o Snapdragon 450 foi oficialmente apresentado. Este é o novo SoC (plataforma agora definida) de Qualcomm para dispositivos móveis médios e médios. A empresa americana introduziu um uma série de inovações técnicas que permitiriam que os smartphones desse segmento pudessem dar um salto definitivo na qualidade sob diferentes pontos de vista.

Primeiro de tudo, Snapdragon 450 foi feito com Processo de produção FinFET de 14 nanômetros o que, junto com maior poder computacional, também garante um aumento importante da autonomia geral. A CPU foi estruturada com oito núcleos Cortex-A53, embora do ponto de vista gráfico, a Qualcomm tenha escolhido a GPU Adreno 506.

Snapdragon 450

Nesse sentido, a comparação com o antecessor Snapdragon 435 É inevitável. Qualcomm ele falou de um aumento de 25% no desempenho e nos gráficos, uma perspectiva que, se confirmada em um contexto prático, deve realmente trazer vantagens concretas na experiência do uso diário de smartphones. Como sempre, porém, será necessário aguardar o teste de campo.

Leia também: Qualcomm Snapdragon, processadores tornam-se plataformas

No entanto, as notícias não terminaram. o Snapdragon 450 é de fato capaz de gerenciar um Câmera dupla com sensores de até 13 MPou uma única câmera de até 21 MP. Essas são possibilidades muito importantes em vista de um smartphone de gama média-baixa, que pode finalmente contar com um bom setor fotográfico, também porque o suporte ao foco automático híbrido também foi integrado, câmera lenta para vídeos (1080p a 60 FPS) e recursos Visão clara.

Snapdragon 450

Quanto à tela, a resolução máxima suportada é Full-HD (1920 x 1200 pixels). Uma escolha, neste caso, quase obrigatória para a Qualcomm, considerando também a necessidade de conter os custos de produção dos smartphones de médio e baixo preço, que aumentariam com Painéis QHD.

Leia também: Quick Charge 4.0+, a carga rápida da Qualcomm evolui

Conectividade total com suporte para USB 3.0 e modem LTE Snapdragon X9, com velocidades máximas de 300 Mbps para download e 150 Mbps para upload. Novamente, a lógica da Qualcomm era trazer uma melhoria tangível para esse segmento de mercado, o que sem dúvida poderia ter efeitos no uso diário. Também há suporte para o carregamento rápido padrão Quick Charge 3.0.

Snapdragon 450

Nesse momento, você só precisará aguardar a chegada dos primeiros smartphones com Snapdragon 450, prevista para o final de 2017. Como sempre, tudo passará por acordos com as empresas fabricantes. De qualquer forma, a tendência agora é melhorar o nível médio desses segmentos de mercado, com todo o respeito pelo segmento premium.


Tom’s Recommend

Honor 6C é o atual modelo médio-baixo da empresa chinesa. É caracterizada pelo SoC Snapdragon 435 Qualcomm, antecessora do recém apresentado Snapdragon 450.