Samsung Galaxy Note 10 e Note 10+: nossa prévia

Galaxy Note 10 √© finalmente realidade. Ap√≥s meses de rumores, a Samsung levantou a cortina em seu novo topo de gama. O evento de apresenta√ß√£o ainda est√° em andamento, mas conseguimos toc√°-lo com uma pr√©via, exatamente h√° 1 semana. As primeiras sensa√ß√Ķes s√£o certamente positivas, para um dispositivo que alcan√ßou uma maturidade que representa um verdadeiro ponto de refer√™ncia para uma certa fatia de usu√°rios, que precisam de uma produ√ß√£o maior do que aquela que est√£o acostumados a ver no campo dos smartphones.

Existem dois aspectos que, acima de tudo, me convenceram no pouco tempo gasto na empresa do Galaxy Note 10 e Note 10+. O primeiro deles √© certamente a tela, um painel din√Ęmico AMOLED de 6,3 e 6,8 polegadas, respectivamente. Al√©m das caracter√≠sticas t√©cnicas dos pain√©is (encontre todos os detalhes no artigo de apresenta√ß√£o), a apresenta√ß√£o ao vivo me pareceu realmente excepcional. Provavelmente, estamos diante de duas das melhores telas no cen√°rio dos smartphones, mas obviamente espero test√°-las na vida cotidiana antes de expressar meu julgamento final.

O segundo √© o S-Pen. √Č um acess√≥rio que, de fato, n√£o possui rivais no campo dos smartphones. Agora sabemos como funciona, mas a Samsung parece ter conseguido melhor√°-lo ainda mais: o aplicativo S-Note permite que o Notes 10 crie notas r√°pidas e as exporte em diferentes formatos (incluindo PDF), com suporte direto ao Microsoft Word; √© poss√≠vel controlar remotamente, com a caneta, todo o software fotogr√°fico (incluindo o zoom); existe um SDK aberto para desenvolvedores de terceiros; a bateria dura 10 horas em modo de espera; voc√™ pode us√°-lo para editar v√≠deos rapidamente, usando o Adobe Rush especialmente otimizado para o Galaxy.

Essas s√£o as duas for√ßas reais do Galaxy Note 10 e Note 10+, que ainda possuem caracter√≠sticas t√©cnicas, em geral, como verdadeiro topo de gama: 8 ou 12 Gigabytes de RAM, processador de 7 nan√īmetros, c√Ęmara de vapor para dissipa√ß√£o de calor, modo Game Booster que leva SoC e mem√≥rias ao clock m√°ximo (para obter o m√°ximo desempenho com os videogames), AKG de √°udio est√©reo equalizado IP68, sensor biom√©trico integrado diretamente na tela, c√Ęmera traseira tripla ou qu√°drupla.

Sobre o setor fotogr√°fico. Seria anacr√īnico hoje expressar uma opini√£o sobre esse aspecto. No entanto, √© importante destacar o trabalho da Samsung na grava√ß√£o de v√≠deos, com modo Super est√°vel o que deve garantir a estabiliza√ß√£o mesmo com objetos em movimento. A funcionalidade denominada Zoom-In Mic √© muito interessante: um terceiro microfone foi colocado na extremidade do setor fotogr√°fico. Por exemplo, se voc√™ estiver filmando uma confer√™ncia com o assunto falando √† dist√Ęncia, pode literalmente “ampliar” o zoom. quem est√° falando para capturar melhor o √°udio. Uma possibilidade que pode ser muito √ļtil no uso di√°rio.

Muitas solu√ß√Ķes de software projetadas para produtividade. Entre eles, √© imposs√≠vel n√£o mencionar a possibilidade de visualizar mensagens, notifica√ß√Ķes, chamadas e fotos diretamente nos PCs com Windows, gra√ßas a um contrato especial com a Microsoft. O Galaxy Note 10 e o Note 10+ ter√£o, portanto, integra√ß√£o com computadores muito semelhantes aos vistos entre o iPhone e o Mac. Al√©m disso, n√£o h√° falta de suporte ao Samsung DeX: voc√™ conecta um monitor externo e tem acesso a um ambiente √Ārea de trabalho baseada no Android.

O design me convenceu. O orif√≠cio central, que abriga a c√Ęmera frontal e agora representa a alternativa real ao entalhe, √© decididamente discreto e isso n√£o parece incomod√°-lo ao assistir a filmes na tela. A dupla curvatura dos monitores pode criar algumas dores de cabe√ßa em termos de ergonomia, tamb√©m porque n√£o estamos diante de smartphones compactos. Os 196 gramas de peso da Nota 10+ s√£o todos sentidos na m√£o, e tamb√©m a Nota 10, com 151 mm de altura, √© dif√≠cil de usar com uma m√£o. As varia√ß√Ķes crom√°ticas s√£o muito variadas (Aura Glow, Aura Black e Aura White) e s√£o capazes de interceptar os gostos do p√ļblico masculino e feminino.

O √ļnico aspecto que fez meu nariz virar um pouco (al√©m dos pre√ßos), no entanto, s√£o as baterias, respectivamente, 3.500 mAh (Nota 10) e 4.300 mAh (Nota 10+). Eles podem ser subdimensionados em compara√ß√£o com as necessidades t√©cnicas desses smartphones, mas mesmo aqui ser√° necess√°rio aguardar o teste de campo. No entanto, h√° carregamento r√°pido de 40 W (a Samsung fala sobre um dia inteiro de uso com apenas 30 minutos de carregamento) e carregamento sem fio.

Em conclus√£o, estamos diante de produtos de n√≠vel superior. Obviamente, o pre√ßo inicial de 979 euros para a Nota 10 (que passa a 1.129 euros para a Nota 10+) pode representar um freio em termos de vendas. O topo da linha, no entanto, agora se estabilizou nesses n√ļmeros e, portanto, √© uma posi√ß√£o consistente com a faixa de pertencimento a esses produtos. A palavra passa agora ao mercado, com reservas j√° abertas hoje (7 de agosto) e marketing marcado para 23 de agosto. Veremos.