Samsung f√°brica em chamas, ainda Nota 7 baterias?

Parece uma piada, mas n√£o √©. Ontem em um Planta de fabrica√ß√£o de baterias de propriedade da SDI, subsidi√°ria de Samsung, havia um fogo definido “modesto”, mas que exigiu a interven√ß√£o de 19 ve√≠culos e 110 bombeiros. Felizmente, estruturas e pessoas n√£o foram danificadas, mas as chamas teriam sido desencadeadas baterias de l√≠tio com defeito, como as usadas no Galaxy Note 7. Como voc√™ se lembrar√° de fato do recente resultado das investiga√ß√Ķes sobre as causas do mau funcionamento do infeliz phablet Samsung, a gigante coreana indicou alguns defeitos estruturais das baterias fabricadas pela SDI e pela Amperex.

samsung galaxy note 7

A not√≠cia n√£o √© t√£o preocupante porque, na origem do inc√™ndio, poderia haver as baterias antigas da Nota 7 ainda armazenadas no sistema. A vers√£o dos bombeiros na verdade diverge da relatada pelo porta-voz da SDI e fala em vez de “baterias de l√≠tio em produ√ß√£o e outros produtos quase prontos “.

Como sabemos, apesar dos resultados da pesquisa, No entanto, a Samsung encomendou à SDI a produção de baterias para a próxima gama Galaxy S8. Nesse sentido, se os bombeiros chineses estivessem certos, a perspectiva seria perturbadora. Até agora Рos custos da operação de retirada e a falta de ganhos de lado Рa Samsung pareceu sofrer bem e as vendas parecem não ter sido afetadas pelo acidente. Um segundo revés, no entanto, talvez fosse excessivo, mesmo para um gigante desse tipo.

Para evitar essa possibilidade, a Samsung também disse que desenvolveu um novo processo de controle de segurança em oito etapas que inclui mais testes, mais controles e mais garantias de qualidade nos processos de fabricação. Se os resultados do novo procedimento existirem, existem problemas no horizonte para a Samsung, mas no momento não passa de especulação que, esperamos, se mostrará incorreto em alguns meses, quando o Galaxy S8 estiver no mercado.