Ricoh WG-60: A nova máquina “rígida” que não quebra e não quebra (facilmente) foi anunciada

A Ricoh lançou seu novo motor submarino, pertencente à série WG, com o pesado legado dos motores Pentax do passado.

O Ricoh WG-60 pode mergulhar abaixo da superfície da água a 14 metros, por até 2 horas, suporta quedas de 1,6 metros, pressiona 100 kg e pode operar em temperaturas de até -10 C.

É equipado com um sensor CMOS BSI, tamanho de 1 / 2,3 γέ e resolução de 16 megapixels e lente de 28-140 mm (zoom óptico de 5x), que pode focar de 1 cm. Além disso, existe o zoom digital, que fornece 36x (1008 mm), sem que a empresa diga que temos perdas na qualidade da imagem, enquanto que para a gravação em macro, a câmera possui 6 luzes LED, ao redor da lente, para uma iluminação uniforme do objeto. A máquina possui um mecanismo de estabilização Pixel Track SR e estabilização digital Digital SR.

O ISO é definido de 125 a 6.400 e o sistema de foco automático possui tecnologia de detecção de rosto e animal de estimação.

O Ricoh WG-60 produz vídeo Full HD (1920 x 1080), H.264, 16: 9, a 30fps e possui uma porta micro-HDMI para reprodução instantânea de vídeo em TVs e outros dispositivos de visualização.

Em suas funções, é claro, temos a função especial para fotos subaquáticas, fotos e vídeos, enquanto a opção Flash desligado + Flash ativado permite duas fotos consecutivas, uma com flash e a outra sem.

O novo disco rígido da Ricoh possui uma tela de 2,7 ″ com uma resolução de 230.000 pontos, revestida de reflexos para melhor exibição, funciona com uma bateria de lítio de 300 fotos e aceita cartões de memória SD (também é compatível com os cartões de memória FlashAiR).

O Ricoh WG-60 pesa 193 gramas e mede 122,5 × 61,5 × 29,5 milímetros. O preço estimado é de 250 libras e estará disponível em preto ou vermelho em novembro.