Revis√£o do Huawei P30 Lite: autonomia surpreendente

O P30 Lite completa a oferta da Huawei para esta primeira parte de 2019. A partir de 350 euros ou mais, a empresa chinesa oferece uma s√©rie de smartphones com os quais atende √†s mais diversas necessidades. O modelo em quest√£o certamente tem autonomia como um de seus pontos fortes, sem esquecer, √© claro, a versatilidade oferecida pela c√Ęmera traseira tripla.

Os ‚ā¨ 369,90 solicitados na lista talvez representem um dos pontos fracos do P30 Lite, considerando o que √© oferecido pela concorr√™ncia em valores mais baixos (pense no Redmi Note 7 da Xiaomi). No entanto, como costuma acontecer no mundo Android, √© um pre√ßo destinado a cair rapidamente, provavelmente liquidar em torno de 250/270 euros em alguns meses.

A chave para este produto é precisamente seu posicionamento em relação aos concorrentes diretos. A faixa de preço entre 350 e 450 euros é de fato extremamente cheia, em alguns casos, mesmo de smartphones com recursos de primeira linha (como o Xiaomi Mi 9). O possível sucesso comercial do P30 Lite passará inevitavelmente da experiência do usuário oferecida e, deste ponto de vista, todas as qualidades estão presentes.

Desempenho e autonomia, dois lados da mesma moeda

A Huawei jogou pelo seguro. O processador a bordo √© de fato o Kirin 710 de alto desempenho que, neste caso, √© combinado com 4 Gigabytes de RAM. Vimos essa plataforma de hardware em a√ß√£o em muitos outros smartphones da empresa chinesa (como o excelente Mate 20 Lite), e tamb√©m no P30 Lite n√£o decepciona: tudo flui sem problemas nas opera√ß√Ķes di√°rias, proporcionando uma experi√™ncia decidida ao usu√°rio convincente.

Pena que a escolha de n√£o trazer a vers√£o de 6 Gigabytes de RAM para a It√°lia, por exemplo, para o mercado canadense. No momento, os 2 Gigabytes de RAM extras provavelmente n√£o fazem diferen√ßa, mas podem ser um aspecto crucial na longevidade do smartphone, especialmente para o gerenciamento das pr√≥ximas atualiza√ß√Ķes do sistema.

O Kirin 710, al√©m de ser um processador de baixa energia, no P30 Lite tamb√©m √© chamado para gerenciar uma tela LCD IPS de 6,15 polegadas com resolu√ß√£o Full-HD + (1.080 x 2.312). Portanto, √© um painel que tem pouco impacto na bateria, oferecendo uma boa experi√™ncia visual: os √Ęngulos de vis√£o s√£o convincentes e a reprodu√ß√£o de cores, enquanto o brilho n√£o √© muito alto (em dias particularmente ensolarados, pode haver alguns problemas de visibilidade).

Tudo isso contribui oferecer excelente autonomia, por alguns surpreendente, considerando a bateria de 3.340 mAh. Com o meu uso (misturado entre LTE e Wi-Fi, 2 contas de correio push, centenas de notifica√ß√Ķes de redes sociais e aplicativos de mensagens instant√Ęneas, mais de 2 horas de chamadas telef√īnicas), consegui ficar 24 horas longe da tomada na frente de 6 horas de acesso √† tela. N√£o √© ut√≥pico pensar em cobrir 48 horas em dias menos intensos, em compara√ß√£o com cerca de 3/4 horas de tela ligada.

Além disso, há a carga rápida de 18W e a conectividade está completa: Bluetooth 4.2, Wi-Fi ac de banda dupla, NFC, entrada de áudio de 3,5 mm, porta USB-C, GPS A-GLONASS BDS. Também não há falta de suporte para Dual SIM, mas nesse caso você precisa desistir da expansão da memória (ainda existem 128 Gigabytes de armazenamento). Obviamente, a parte do software é confiada ao Android 9, personalizado com o EMUI 9, uma interface sobre a qual já aprendemos amplamente. A parte de áudio pode contar com um alto-falante mono, com qualidade média.

Construção e ergonomia

O design √© derivado diretamente do P30. Os quadros s√£o extremamente pequenos, o entalhe √© em forma de gota, as bordas superior e inferior s√£o planas, enquanto as bordas arredondadas. A concha √© feita de metal (arma√ß√£o lateral) e vidro (frontal e traseira), com a tampa traseira com uma dupla curvatura nas laterais. N√£o √© ut√≥pico pensar em us√°-lo com uma m√£o, tamb√©m porque os bot√Ķes f√≠sicos (volume e pot√™ncia) s√£o perfeitamente acess√≠veis.

Discurso semelhante para o sensor de impress√£o digital localizado na parte traseira, no entanto, sempre r√°pido e preciso no desbloqueio. Tudo isso, no entanto, n√£o tira o fato de que o P30 Lite, em alguns casos, retorna uma sensa√ß√£o de escorregadio, especialmente quando √© colocado em um avi√£o. A c√Ęmera traseira tripla √© bastante saliente e isso cria instabilidade em superf√≠cies planas. Em suma, provavelmente voc√™ se encontrar√° usando uma capa.

Existem tr√™s varia√ß√Ķes de cores dispon√≠veis: branco, azul e preto. O √ļltimo √© precisamente o que voc√™ v√™ retratado nas imagens, provavelmente o mais an√īnimo. O design ainda √© muito agrad√°vel e a op√ß√£o de n√£o integrar uma tela curva (como a do P30 Pro) certamente ajuda a ergonomia. Em geral, um smartphone perfeitamente alinhado, em termos construtivos, com a faixa de pre√ßo em que foi colocado.

Setor fotogr√°fico, grande versatilidade

Na parte de tr√°s existem 3 c√Ęmeras: os principais 48 megapixels com lente f / 1.8; a c√Ęmera secund√°ria de 2 megapixels para profundidade de campo; a terceira grande angular de 8 megapixels a 120 ¬į com lente f / 2.4. Uma configura√ß√£o muito interessante para a gama m√©dia, que obviamente √© suportada por toda a parte de software da Huawei que conhecemos agora, incluindo algoritmos de intelig√™ncia artificial.

Durante o dia, a c√Ęmera de 48 megapixels consegue capturar muitos detalhes. √Ä noite, voc√™ pode usar o t√£o aclamado “modo noturno” da empresa chinesa, que em muitas ocasi√Ķes realmente faz a diferen√ßa. Obviamente, com pouca luz, h√° uma perda de detalhes que parece ainda mais clara com o sensor de grande angular. O √ļltimo, no entanto, √© extremamente divertido de usar e, entre outras coisas, √© extremamente √ļtil em muitas circunst√Ęncias.

Discurso diferente para o sensor de profundidade de 2 megapixels: fotos com efeito bokeh n√£o s√£o particularmente convincentese, em geral, uma lente telefoto que poderia ativar um zoom √≥ptico teria sido muito mais √ļtil. De qualquer forma, a possibilidade de “alternar” entre as c√Ęmeras principal e a grande angular oferece grande versatilidade a esse setor fotogr√°fico, o que n√£o √© t√£o √≥bvio nessa faixa de pre√ßo.

bsh

Desempenhos muito semelhantes para a c√Ęmera frontal de 32 megapixels com lente f / 2.0. Durante o dia, as selfies parecem ricas em detalhes, enquanto perdem muito √† noite. Os v√≠deos s√£o gravados em Full-HD a 60 qps, com a possibilidade tamb√©m de salv√°-los no formato H.265. N√£o faltam todos os recursos t√≠picos dos smartphones Huawei, como disparo manual e modos Light Painting, Rallentantore, Panorama e Time-Lapse.

Conclus√Ķes: quem deve compr√°-lo?

O P30 Lite √© o smartphone ideal para quem busca de grande autonomia em dimens√Ķes compactas gerais, sem, contudo, querer abrir m√£o de um bom setor fotogr√°fico e, acima de tudo, sem querer gastar n√ļmeros estonteantes. Dissemos isso no in√≠cio, a competi√ß√£o √© muito acirrada e, n√£o surpreendentemente, o Redmi Note 7 da Xiaomi est√° desfrutando de grande sucesso comercial.

No entanto, o “efeito Huawei” n√£o deve ser subestimado, uma marca que det√©m grande influ√™ncia no mercado, principalmente na italiana. A prop√≥sito, para quem encomendar ou comprar o P30 Lite de 25 de abril a 26 de maio, Freebuds Lite ser√° recebido como presente (valor comercial de 129,90 euros) – os verdadeiros fones de ouvido sem fio da empresa chinesa, todos os detalhes aqui – e um vale de 30 euros pelo servi√ßo de streaming de v√≠deo da Huawei. Encontre todos os detalhes em https://www.huaweipromo.it/promo/P30lite/home.