Revis√£o do Honor 20 Pro: executando, mas sem efeito uau

Honor 20 Pro √© o novo topo de gama da marca chinesa que infelizmente chega tarde em compara√ß√£o com os concorrentes. Na It√°lia, o pre√ßo foi de 599 euros, com 8 Gigabytes de RAM e 256 Gigabytes de mem√≥ria interna, mas estar√° dispon√≠vel para compra nas “pr√≥ximas semanas”. Uma figura que o coloca em uma posi√ß√£o desconfort√°vel no mercado, tendo que enfrentar uma concorr√™ncia mais pesada do que nunca. Em n√ļmeros semelhantes e √†s vezes at√© mais baixos – como no caso do Asus Zenfone 6 e Xiaomi Mi 9 – √© poss√≠vel comprar smartphones com caracter√≠sticas t√©cnicas superiores, gra√ßas √† desvaloriza√ß√£o do pre√ßo que caracteriza os dispositivos Android. Mate 20 Pro e OnePlus 7, s√≥ para citar alguns.

Al√©m disso, ap√≥s ser apresentado em maio, o Honor 20 Pro precisou aguardar a certifica√ß√£o do Google para poder fazer sua estr√©ia no mercado. Isso levou a um novo atraso no marketing. No entanto, estamos falando de um smartphone que pode garantir uma excelente experi√™ncia do usu√°rio gra√ßas a uma poderosa plataforma de hardware e bem testado juntamente com autonomia verdadeiramente incr√≠vel e um bom setor fotogr√°fico. √Č um topo de gama, mas certamente n√£o ter√° uma vida f√°cil.

Alto nível de desempenho e autonomia

Desempenho e autonomia são a força do Honor 20 Pro. O coração pulsante é representado pelo processador Kirin 980 da Huawei, octa-core (Cortex-A76 de 2 x 2,6 GHz e Cortex-A76 de 2 x 1,92 GHz e Cortex-A55 de 4 x 1,8 GHz), acoplado à GPU Mali-G76. Uma configuração comprovada que já tivemos a oportunidade de apreciar em outros dispositivos Honor e Huawei e que agora é uma garantia em termos de desempenho. A memória externa não é expansível, mas existem 256 Gigabytes disponíveis.

Nenhuma men√ß√£o especial para as performances. O smartphone √© sempre √°gil e fluido, nunca diminuindo a velocidade. A navega√ß√£o flui sem problemas e √© um verdadeiro prazer us√°-la. Gostei particularmente da dissipa√ß√£o de calor. Qualquer forma de superaquecimento √© praticamente impercept√≠vel, mesmo em condi√ß√Ķes de estresse espec√≠fico, como podem ser os testes de refer√™ncia.

Para n√£o sobrecarregar o dispositivo, existe o visor. √Č um painel de 6,26 polegadas com resolu√ß√£o de 1.080 x 2.340 pixels e uma propor√ß√£o de 19,5: 9. A tela √© feita com a tecnologia IPS LCD. Aqui, este √© um dos pontos contra o Honor 20 Pro se considerarmos que existem dispositivos de m√©dio alcance que integram um painel AMOLED, como o Xiaomi Mi 9T. Lembre-se, √© uma excelente tela com bom desempenho e visibilidade convincente, mas que n√£o garante o mesmo resultado e os mesmos pretos absolutos que um painel OLED.

O mergulho est√° completo gra√ßas √† escolha da empresa chinesa de n√£o integrar o entalhe, optando para um buraco na tela em que a c√Ęmera frontal est√° alojada. Uma solu√ß√£o que eu pessoalmente prefiro ao famoso entalhe. Al√©m disso, eu particularmente apreciei a integra√ß√£o do LED de notifica√ß√£o dentro da c√°psula auricular, um elemento que continuo a considerar extremamente √ļtil, especialmente na aus√™ncia do modo Always-On.

A autonomia garantida pela bateria de 4.000 mAh √© surpreendente. Voc√™ pode chegar com seguran√ßa √† noite e n√£o √© ut√≥pico pensar que pode cobrir o dia seguinte com uso moderado. No meu caso, ap√≥s 27 horas da √ļltima recarga, o Honor 20 Pro ainda tinha 33%, comparado a quase 5 horas de tela. Um resultado excepcional, sem esquecer o suporte de carga r√°pida de 22,5 W, que carrega seu smartphone em at√© 50% em apenas 30 minutos. Falta o carregamento sem fio e reverso que vimos a bordo do Mate 20 Pro.

O setor de √°udio √© m√©dio. H√° apenas um alto-falante posicionado na parte inferior do dispositivo com qualidade e volume que n√£o fazem um milagre chorar. Como mencionado, √© m√©dio. Em volume muito alto, h√° alguma distor√ß√£o do som. A conectividade teria sido muito completa se houvesse a tomada de √°udio de 3,5 mm. N√£o perca a porta USB Tipo C e o suporte para SIM duplo. N√£o h√° certifica√ß√£o √† prova d’√°gua.

Setor de design e fotografia

Honor 20 Pro tem um design reconhecível e não apenas para a grande marca posicionada na contracapa. A concha é feita de vidro com uma armação lateral de metal. A coloração em nossa posse é o roxo de sucesso, realmente impactante, mas o smartphone também estará disponível nas variantes cromáticas Phantom Black e Phantom Blue.

O painel traseiro cont√©m impress√Ķes digitais. Na m√£o, n√£o √© particularmente escorregadio mas fica assim se repousar em superf√≠cies lisas onde – tamb√©m devido √† sali√™ncia da c√Ęmera – se torna inst√°vel. As dimens√Ķes n√£o s√£o muito pequenas, mas s√£o aceit√°veis. Falamos de 154,6 x 74 x 8,4 mm para 182 gramas de peso, mas bem distribu√≠dos. Os quadros s√£o estreitos.

O sensor biom√©trico para reconhecimento de impress√£o digital est√° localizado na borda direita do bot√£o liga / desliga, uma posi√ß√£o que o torna extremamente confort√°vel e natural de usar. √Č sempre r√°pido e preciso. N√£o √© ruim tamb√©m o reconhecimento do rosto confiado, no entanto, apenas ao sensor fotogr√°fico que, portanto, sofre um pouco em condi√ß√Ķes de pouca luz. Sobre solu√ß√Ķes de software. A bordo, existe o Android 9 Pie personalizado com a interface gr√°fica MagicUI 2.1, na verdade id√™ntica √† EMUI da Huawei.

O setor fotográfico é composto por quatro sensores, mas até três seriam mais que suficientes. O sensor de 2 megapixels (f / 2.4) dedicado às macros, na verdade, tem um foco fixo de 4 cm e fica difícil encontrar o ponto certo. Quanto ao resto, vamos falar sobre uma configuração absolutamente convincente.

O sensor principal de 48 megapixels tem uma abertura de f / 1.4 e √© estabilizado opticamente. A segunda √© uma lente telefoto de 8 megapixels com abertura f / 2.4 e OIS com ela zoom √≥ptico que pode ir at√© 3x. O √ļltimo, no entanto, √© um grande angular de 16 megapixels (f / 2.2). Em suma, √© um setor fotogr√°fico capaz de oferecer tal versatilidade.

As fotografias s√£o de alto padr√£o durante o dia aparecendo bastante n√≠tido e com cores vivas, mas naturais. Fotos diurnas s√£o muito legais. Em excelentes condi√ß√Ķes de luz, ele tem pouco a invejar aos concorrentes mais famosos. √Ä noite, no entanto, o modo apropriado entra em a√ß√£o que consegue melhorar bastante o resultado final, aumentando o n√≠vel de detalhe e saturando as cores. Trabalhe um pouco com o sensor de grande angular onde h√° uma maior perda de detalhes e o ru√≠do digital assume o controle.

O zoom √≥ptico de 3x tamb√©m apresenta um desempenho muito bom, mostrando detalhes suficientes, mesmo que o resultado caia ligeiramente usando o zoom h√≠brido de 5X, especialmente em condi√ß√Ķes de pouca luz. De qualquer forma, esse √© um recurso que n√£o √© muito √≥bvio nessa faixa de pre√ßo. Finalmente, a lente grande angular √© m√©dia. Os v√≠deos podem ser gravados com resolu√ß√£o de at√© 4K a 30 qps.

Excelente desempenho da c√Ęmera frontal 32 megapixels (f / 2.0) que conseguem tirar selfies com cores naturais, assuntos bem expostos e uma boa dose de detalhes. O modo retrato que perde alguma qualidade √† noite tamb√©m funciona bem, mas o resultado ainda √© excelente. Obviamente, existem todas as solu√ß√Ķes de software √†s quais Honor e Huawei nos acostumaram.

Conclus√Ķes: quem deve compr√°-lo?

Honor 20 Pro é um excelente produto e o preço de tabela de 599 euros é totalmente consistente com o que é oferecido. Infelizmente, porém, há muita concorrência e o atraso no marketing não está ajudando em nada. Pelo mesmo preço, você pode comprar o Mate 20 Pro ou o OnePlus 7 hoje, que são excelentes produtos que podem garantir a mesma experiência do usuário, oferecendo algo mais, como a tela OLED. Sem mencionar os dispositivos vendidos a preços mais baixos, como o Mi 9 e o Zenfone 6, ou o poderoso P30 da Huawei disponível por mais 100 euros.

Além disso, esses dispositivos continuarão a cair de preço conforme a tradição para smartphones Android, enquanto o Honor ainda não o disponibilizou para compra e o fará nas próximas semanas. Dias se aproximando Honor 20 Pro para novos concorrentes que poderia ser apresentado na IFA em Berlim. Além disso, não se deve esquecer que a Huawei poderá apresentar seu novo processador já em outubro, tornando o atual Kirin 980 mais antigo que o futuro Kirin 985.

Em suma, n√£o ter√° uma vida f√°cil. No entanto, o Honor 20 Pro continua sendo um smartphone que pode oferecer uma excelente experi√™ncia ao usu√°rio, contando com uma constru√ß√£o de qualidade, um processador de desempenho, um setor fotogr√°fico convincente e uma autonomia invej√°vel. Obviamente, tamb√©m h√° pontos em desvantagem, como a tela LCD IPS e a falta da tomada de √°udio de 3,5 mm, mas s√£o elementos que n√£o prejudicam o desempenho de alto n√≠vel que ela garante. √Č ideal para quem procura confiabilidade sem ter que pensar em gastar quantias estonteantes.