Redmi Note 8 Pro, em breve na Europa: os preços de venda estão subindo

O novo Redmi Note 8 Pro viaja para a Europa. A conta do Twitter da Xiaomi começou a publicar imagens para anunciar o novo smartphone de gama média. Mesmo que a empresa chinesa ainda não tenha comunicado uma data para o lançamento na Europa, temos certeza de que a chegada ao Velho Continente é iminente. Parece que o terminal jå foi incluído no catålogo de alguns vendedores europeus com muitos preços de venda.

Alegadamente, o smartphone virå em duas configuraçÔes: 6 Gigabytes de RAM e 64 ou 128 Gigabytes de memória interna, com um preço de 259 euros e 289 euros, respectivamente. Estes são preços não oficiais, mas que deixam espaço para algumas consideraçÔes. Como jå foi dito em outras ocasiÔes, de fato, o catålogo da Xiaomi começa a ser um pouco confuso. Existem muitos dispositivos vålidos que podem ser adquiridos com valores muito semelhantes. Sem esquecer que este novo smartphone tem a årdua tarefa de coletar o pesado legado do sortudo Redmi Note 7, um produto que se tornou ainda mais interessante com a atual queda de preço.

Obviamente, o Redmi Note 8 Pro possui um setor fotogråfico diferente que pode fazer a diferença de uma perspectiva comercial. Existem quatro cùmeras traseiras: sensor principal de 64 megapixels (f / 1.8) assistida por um grande angular de 8 megapixels (f / 2.2) e dois sensores de 2 megapixels (macro e profundidade de campo). Na frente, no entanto, hå uma cùmera de 20 megapixels (f / 2.2).

Quanto ao processador, a empresa optou pelo MediaTek Helio G90T projetado para oferecer alto desempenho, mesmo durante as sessÔes de jogo. A folha de dados é preenchida com um display LCD IPS de 6,53 polegadas com resolução Full HD + protegida pelo Gorilla Glass 5, um sensor biométrico integrado no módulo fotogråfico e uma bateria de 4.500 mAh com carga råpida de 25W. Não perca a tomada de åudio de 3,5 mm e a porta USB-C.

Em suma, Ă© uma ficha tĂ©cnica altamente respeitada para o segmento ao qual pertence. SerĂĄ interessante entender qual serĂĄ a resposta do mercado, dado o grande catĂĄlogo da Xiaomi. NĂłs apenas temos que esperar pelo anĂșncio oficial que – como jĂĄ foi dito – pode nĂŁo demorar muito a chegar.