Redmi Note 7 e Galaxy M20: o desafio entre Xiaomi e Samsung monopolizar√° as escolhas dos millennials

Redmi Note 7 de um lado, Galaxy M20 do outro. Ontem foi monopolizada, no campo dos smartphones, pela apresenta√ß√£o no mercado italiano das novas criaturas das marcas Xiaomi e Samsung. Dois dispositivos projetados para fazer baixo no segmento entre 150 e 250 euros, gra√ßas √† excelente rela√ß√£o qualidade / pre√ßo. Mais uma batalha entre as empresas chinesa e sul-coreana, com a √ļltima dando a impress√£o de querer perseguir a primeira.

O sucesso da Xiaomi come√ßou precisamente a partir desses segmentos do mercado. Enquanto a Samsung continuou a oferecer os v√°rios Galaxy J e Core, em vez de colocar a s√©rie Galaxy A em n√ļmeros significativamente mais altos, a empresa liderada por Lei Jun inaugurou a linha Redmi, superando a concorr√™ncia principalmente do ponto de vista t√©cnico. O Redmi Note 7 √© o emblema perfeito de uma jornada iniciada anos atr√°s, inicialmente limitada √† China e que agora tamb√©m est√° conquistando a Europa.

Com isso em mente, a nova s√©rie de smartphones Samsung deve ser lida chamado Galaxy M. T√≠nhamos dito a voc√™ em novembro de 2018, em um artigo dedicado, que a empresa sul-coreana mudaria sua estrat√©gia em 2019, colocando produtos tecnicamente mais v√°lidos no mercado na faixa m√©dia-baixa e posicionando o Galaxy A com n√ļmeros menores.

Criamos uma tabela na qual comparamos as especifica√ß√Ķes t√©cnicas do Galaxy M20 e do Redmi Note 7, incluindo o Galaxy J6 2018 na compara√ß√£o, ou qual era a proposta da Samsung nessa faixa de pre√ßo (mais ou menos) at√© o ano passado. Como voc√™ pode ver, a mudan√ßa de curso de hardware foi forte.

Xiaomi Redmi Note 7 Samsung Galaxy M20 Samsung Galaxy J6 2018
LCD IPS de 6,3 polegadas, 1.080 x 2.340 6,3 polegadas PLS TFT, 1.080 x 2.340 5.6 polegadas Super AMOLED, 720 x 1.480
Snapdragon 660 Exynos 7904 Exynos 7880
3/4 GB de RAM 4 GB de RAM 3 GB de RAM
32/64 GB de armazenamento 64 GB de armazenamento 32 GB
C√Ęmera dupla traseira, 48 MP + 5 MP C√Ęmera dupla traseira, 13 MP + 5 MP C√Ęmera traseira de 13 MP
C√Ęmera frontal de 13 MP C√Ęmera frontal de 8 MP C√Ęmera frontal de 8 MP
Bluetooth 5.0, Wi-Fi ac de banda dupla, USB-C Bluetooth 5.0, Wi-Fi b / g / n, USB-C Bluetooth 4.2, Wi-Fi b / g / n, micro USB
Bateria de 4.000 mAh, carga r√°pida Bateria de 5.000 mAh, carga r√°pida Bateria de 3.000 mAh
Android 9, MIUI 10 Android 8.1 Oreo, Samsung Experience 9.5 Android 8.0 Oreo, Samsung Experience

No ano passado, o Galaxy J6 2018 foi posicionado na It√°lia por 269 euros, enquanto o Galaxy M20 chega a 229 euros (j√° dispon√≠vel na Amazon neste link), com especifica√ß√Ķes t√©cnicas muito melhores. Um sinal claro de como os saldos de mercado nessa faixa de pre√ßo agora mudaram em compara√ß√£o com alguns anos atr√°s, for√ßando a Samsung a rever sua pol√≠tica.

O Galaxy M20 √© certamente certamente mais competitivo hoje do que o Galaxy J6 2018 poderia ter sido. Obviamente, essas s√£o as avalia√ß√Ķes que estamos operando com base na folha de dados, esperando poder experimentar o novo dispositivo Samsung em campo. No entanto, n√£o h√° d√ļvida de que o Redmi Note 7 mant√©m uma vantagem importante do ponto de vista comercial, garantida essencialmente por dois fatores: continua a custar menos, mesmo que seja um pouco (na It√°lia, a partir de 179,90 ‚ā¨ e atinge 199,90 ‚ā¨ euro na vers√£o de 4 GB de RAM); possui uma c√Ęmera de 48 megapixels que, em termos de comunica√ß√£o de marketing, pode realmente fazer a diferen√ßa.

Mas por que tanta aten√ß√£o √© dada a essa faixa de pre√ßo? Dados em m√£os, o segmento entre 150 e 250 euros continua roer quotas de mercado para as mais altas, especialmente em compara√ß√£o com os smartphones topo de gama e de n√≠vel m√©dio-alto. Isso se deve principalmente √† qualidade m√©dia do ponto de vista t√©cnico, que disparou nos √ļltimos anos. Hoje √© poss√≠vel comprar mais do que produtos v√°lidos nesses n√ļmeros, algo n√£o t√£o √≥bvio at√© h√° algum tempo.

Além disso, é um segmento que afeta um alvo de usuários, os chamados millennials, que sempre foram disputados entre os fabricantes de smartphones, como usuários de toda uma série de serviços e, acima de tudo, que costumam ter orçamentos baixos. Portanto, será interessante verificar a tendência de mercado do Redmi Note 7 e Galaxy M20, destinados a monopolizar, em 2019, as escolhas dos mais jovens na fase de compra. Com todo o respeito aos concorrentes diretos.