Recuperar dados de um smartphone danificado

Agora, existem muito poucas pessoas que não têm um Smartphone Hoje em dia. Por um lado, os preços são cada vez mais convidativos e, por outro lado, existem aplicativos que todos desejam usar. Facebook, Whatsapp, Wikipedia, pesquisa no Google, só para citar alguns.

E h√° pessoas que sempre querem ter uma c√Ęmera dispon√≠vel pelo menos discreto, tirar uma selfie, uma foto de lembran√ßa com a fam√≠lia ou amigos, para documentar algo – talvez um pre√ßo a ser enviado imediatamente a um contato.

DSC 0224

Em suma, o smartphone √© muito √ļtil de v√°rias maneiras diferentes. E como todas as coisas √ļteis (e caras) quando quebra pode ser muito chato. Alguns danos podem ser facilmente reparados, por exemplo, uma tela quebrada, mas √†s vezes o smartphone √© realmente jogado fora.

Mas h√° outro problema mais complexo: recuperar dados de smartphones danificados. Nosso conselho √© sempre pensar primeiro, usando sistemas em nuvem ou solu√ß√Ķes de backup que nos protegem. Mas nem todo mundo sabe que isso √© poss√≠vel, eles sabem como faz√™-lo ou querem faz√™-lo.

E aqui está quando o acidente acontece de repente, nos preocupamos com a lista de contatos, as fotos, a agenda e muitas outras coisas que estão dentro do telefone. Perguntamos a alguém se ele sabe como, se possível, quanto custa. Todas as respostas que você pode encontrar diretamente em nossa página especial.

DSC 0194

Uma iniciativa que criamos em colaboração com a Kroll Ontrack, uma empresa especializada em recuperação de dados de várias mídias possíveis. Ao visitar a página especial, você pode preencher um formulário específico e enviar seu smartphone danificado. O Kroll Ontrack informará se os dados podem ser recuperados, também fornecendo uma cotação.

Como recuperar dados de um smartphone danificado

O Kroll Ontrack aplica a mesma abordagem aos smartphones que j√° vimos para discos r√≠gidos e SSDs. Se poss√≠vel, o primeiro passo √©, portanto, o cria√ß√£o de uma c√≥pia completa de toda a mem√≥ria. O smartphone est√° conectado a esta√ß√Ķes especiais e todas as informa√ß√Ķes s√£o copiadas. Sendo uma c√≥pia bruta (dados brutos), os t√©cnicos de laborat√≥rio ter√£o que trabalhar nessa c√≥pia posteriormente para tentar tornar o m√°ximo de informa√ß√£o leg√≠vel e utiliz√°vel poss√≠vel, por exemplo, reconstruindo as estruturas de dados ou corrigindo qualquer corrup√ß√£o. Nesta primeira hip√≥tese, falamos, portanto, de trabalhar em “uma imagem” da mem√≥ria.

DSC 0210

Este tipo de cópia nem sempre é possívele o smartphone vai para os técnicos de hardware da sala limpa. O smartphone é desmontado para acessar fisicamente a memória interna. De fato, muitas vezes não é a memória real que está danificada, mas alguma outra parte do telefone que impede você de acessá-lo.

Primeiro, voc√™ precisa remover a placa l√≥gica, um “tablet” que abriga a mem√≥ria, o processador e outros componentes. Ent√£o voc√™ tem que extrair a mem√≥ria real para conect√°-lo √†s ferramentas que o Kroll Ontrack desenvolveu para esta atividade.

DSC 0201

√Č o mesmo tipo de mem√≥ria usada em SSDs ou pendrives, com uma estrutura relativamente mais simples que a de unidades de estado s√≥lido. Uma vez extra√≠do, o chip de mem√≥ria pode ser conectado ou inserido em instrumentos especiais que podem l√™-lo. Se houver dados leg√≠veis, ser√° poss√≠vel fazer uma c√≥pia dos mesmos no formato bruto do qual falamos acima e, em seguida, intervir para reconstruir as informa√ß√Ķes para traz√™-las de volta aos formatos cl√°ssicos.

Após a conclusão desta operação de recuperação de dados do smartphone, o Kroll Ontrack copia os dados para um novo meio. Um disco rígido ou pendrive e nos envia tudo.