Reclamação de ex-funcionários da Kaspersky Lab por criar malware falso

Kaspersky Lab

A empresa russa Kaspersky Lab √© um dos mais conhecidos no campo de solu√ß√Ķes antiv√≠rus com empregos em mais de 200 pa√≠ses em todo o mundo. Mas, de acordo com a Reuters, a empresa estava fazendo falsifica√ß√Ķes malware por mais que10 anos a fim de obter uma vantagem sobre seus concorrentes. Em suma, uma das maiores empresas de seguran√ßa do mundo tentou prejudicar seus concorrentes, enganando-os, para que eles caracterizassem arquivos inofensivos como malware.

Eles fazem a reclamação acima dois ex-funcionários da Kaspersky Lab e dizem que a Kaspersky Lab fez essa mudança, considerando que as empresas concorrentes menores em seu campo de atividade estavam roubando tecnologia dela.Ex-funcionários dizem que o objetivo da Kaspersky Lab era Avast, AVG,Microsoft e outros. Os ex-funcionários afirmam que alguns dos ataques foram realizados com ela ordem direta do co-fundador da empresa, Eugene Kaspersky.

Ao criar malware falso, a Kaspersky Lab enganou o software de seus concorrentes e levou a isolando ou excluindo arquivos importantes nos computadores dos usu√°rios. Isso foi feito falsificando arquivos importantes nos PCs para que parecessem malware e depois foram enviados para Agregador de malware VirusTotal do Google. O banco de dados espec√≠fico do Google foi usado para atualizar outras solu√ß√Ķes antiv√≠rus nas quais os arquivos s√£o perigosos. Afinal, os produtos dos concorrentes da Kaspersky Lab consideravam esses arquivos importantes perigosos.

A Kaspersky Lab negou a exist√™ncia da campanha secreta de 10 anos e disse √† Reuters que tais pr√°ticas eram “imorais”, “desonestas” e que sua “legitimidade” era pelo menos question√°vel:

‚ÄúNossa empresa nunca conduziu nenhuma campanha secreta para induzir os concorrentes a gerar falsos positivos para prejudicar sua posi√ß√£o no mercado. Tais a√ß√Ķes s√£o anti√©ticas, desonestas e sua legalidade √© pelo menos question√°vel. ‚ÄĚ

De acordo com ex-funcionários da Kaspersky Lab, a empresa fez Engenharia reversa no software de seus concorrentes, a fim de gerar relatórios incorretos. Os arquivos da empresa pareciam os originais Рsem ser Рe, em seguida, o uso do VirusTotal empurrou seus concorrentes para os relatórios errados.

Vale ressaltar que em 2010, durante uma semana e meia, 10 arquivos da Kaspersky Lab foram declarados perigosos por 14 outras empresas de segurança. Ex-funcionários dizem que foi sabotar, enquanto a Kaspersky Lab diz que fez uma experimentarpara provar que seus concorrentes estavam copiando sua tecnologia.

Mais sobre o caso dele malware falso de Kaspersky, de acordo com seus ex-funcionários, você pode ler no relatório da Reuters.

Fonte: pcmag