Piloto de aeronaves da Segunda Guerra Mundial ele voou fotografando as linhas inimigas sem nenhuma proteção

William Lorton e Jason Savage, diretor e produtor, queriam criar um documentário sobre o tio de Lorton e o bisavô de Savage, Jim Savage, que durante a Segunda Guerra Mundial. servido em uma unidade aérea como médico. A idéia surgiu quando eles encontraram material fotográfico (fotos e vídeo), que Jim Savage gravou durante a guerra em sua unidade.

Entre esses materiais estavam os tiros de uma aterrissagem forçada de um avião Spitfire. O Spitfire foi operado pelo coronel. John S. Blyth. A história se torna ainda mais interessante, pois esse avião em particular não estava equipado com metralhadoras, mas com câmeras. Sua missão era fotografar alvos inimigos. A posição das metralhadoras foi tomada por dois tanques de combustível extras e duas câmeras foram colocadas no avião. Blyth, desarmado e desacompanhado, voou um total de 51 missões atrás das linhas inimigas, coletando centenas de fotografias aéreas e chegando até Berlim.

No documentário chamado Spitfire 944, assistimos a Blyth contar sua terrível história heróica e ao mesmo tempo o vemos reagir quando, depois de cerca de 60 anos, ele vê pela primeira vez o vídeo do pouso forçado que ele tentou.O Spitfire 944 participou de seu Sundance Film Festival. 2007 e ganhou elogios. Você pode vê-lo abaixo, pois estará disponível apenas no YouTube por alguns dias. Então você pode comprá-lo por US $ 2 no iTunes.