Pela primeira vez, um filme de VR foi indicado ao Oscar

A evolução da tecnologia está intimamente ligada à indústria cinematográfica. Dos filmes em preto e branco sem som, chegamos à cor e 3D. O próximo passo é a realidade virtual, que agora é mais comum nos jogos.

Pela primeira vez na história, um filme rodado em realidade virtual (VR) é indicado ao Oscar.

O filme de realidade virtual do Google se chama Pearl e foi indicado ao Oscar de melhor curta-metragem de animação. Foi lançado em 2016 como parte da série Google Spotlight Story e conta a história de pai e filha através de um carro.

Patrick Osborne, diretor do filme, disse estar muito orgulhoso da equipe que trabalhou no filme, bem como do Google. “Continuo orgulhoso da equipe mundial de artistas e programadores que tornaram a Pearl uma realidade. Agradecemos especialmente aos piratas do Google ATAP por apoiarem nosso pouco trabalho de amor e agradecemos à Academia pelo reconhecimento desta manhã! ”.

A candidatura de Pearl para essa instituição lança as bases para ainda mais filmes de realidade virtual no futuro, o que pode ser de interesse de Hollywood.

O filme dura 5 minutos. Assista o vídeo:

vr filme oscar