Patente da Apple vai transformar toda a tela do iPhone em um leitor de impressões digitais

maquete na mĂŁo do iphone x

A Apple patenteou um método que permite que toda a tela do iPhone seja um grande leitor de impressões digitais. É chamado de codificação por pulso acústico para geração de imagens das superfícies de entrada e usa o som para reconhecer uma imagem, como uma impressão digital.

Os conversores de áudio montados na tela enviam sinais sempre que detectam pressĂŁo na tela. EntĂŁo, ao “traduzir” o reflexo desses sinais sonoros, o sistema reconhece ou nĂŁo a impressĂŁo digital.

O panteão afirma que esse sistema possui vantagens sobre os sensores de impressão digital clássicos. As partes enganosas do sistema podem ser colocadas nas bordas da superfície da tela e a certificação de impressões digitais pode ser feita mais rapidamente do que um leitor de impressões digitais clássico.

É importante ressaltar que, com esse método, a tela inteira pode se tornar um leitor de impressões digitais e não seremos forçados a apontar o dedo para um ponto específico (consulte o Huawei Mate 20 Pro) ou uma superfície específica (consulte o próximo Xiaomi Mi 9). )