Partido dos Piratas da Islândia: “O primeiro hack em um parlamento nacional aconteceu!”

O Partido Pirata da Islândia entrou no parlamento. Isso é claro, já que 95% dos votos já foram contados, e o Partido Pirata da Islândia deve receber 5,1% dos votos, um pouco acima da barreira de 5% necessária para eleger membros do parlamento.

  • Atualização de emergĂŞncia Ă s 0730 UTC
  • Durante a noite, a participação eleitoral do Partido Pirata da Islândia logo caiu abaixo da barreira de 5%, tornando inacreditável entrar no Parlamento e refutar as pesquisas de opiniĂŁo. A partir das 07:30 UTC, com 95% dos votos contados, os Piratas receberam uma porcentagem em 5,1% e conquistou trĂŞs cadeiras. O texto do artigo foi atualizado para refletir os desenvolvimentos atuais.
  • ippwep_pososta_eklogon

    A campanha eleitoral dos piratas islandeses para Althing, o parlamento islandês (veja a foto), estava aumentando e diminuindo as taxas de apoio aos principais partidos nas pesquisas de opinião. Mas uma coisa estava clara, o hatchback Partido pirata na Islândia continuou a crescer em força, com pesquisas mostrando uma taxa entre 6,5% e 9,0% em todas as pesquisas recentes.

    ippwep_news_mbl_is_002

    Assim que a vitória da primeira sede parlamentar do Partido Pirata foi anunciada pelo círculo eleitoral do sudoeste da Islândia, onde o partido havia recebido 8,3% dos votos, o entusiasmo aumentou com os piratas comemorando com um jantar em um restaurante de frutos do mar chique no centro de Reykjavik.

    Os islandeses sĂŁo um fenĂ´meno, mesmo dentro do rápido movimento do Partido Pirata. Os piratas da Islândia foram fundados há apenas nove meses e ocuparam assentos em Althing hoje – trĂŞs assentos, segundo as previsões atuais. Este Ă© um recorde de velocidade (fundação – parlamento) de qualquer lado que vocĂŞ olhe (talvez para entrar no Guinness World Records).

    Esse sucesso faz do Partido dos Piratas da Islândia o primeiro partido pirata do mundo a eleger membros do parlamento em um parlamento nacional! Parabéns. O objetivo é alcançado. Após essa vitória, não há outros níveis de governo em que o movimento não esteja representado.

    O Partido Pirata da Islândia nĂŁo começou do zero, no entanto. Eles tiveram a sorte de ter ativistas muito experientes na fundação / lançamento do partido – como Birgitta Jonsdottir (do Wikileaks e da Iniciativa de MĂ­dia Moderna da Islândia etc.) e Smyrna McCarthy (igualmente envolvido no IMMI e em outros projetos). Ainda nĂŁo sabemos quais piratas ocuparĂŁo as cadeiras no Althing – isso dependerá da distribuição de votos entre os eleitores e outros parâmetros.

    ippwep_news_mbl_is_003 ippwep_news_mbl_is_004

    Independentemente disso, certamente haverá muito trabalho a ser feito em Althing – embora a Islândia tenha uma visĂŁo muito positiva das idĂ©ias progressistas, poucas dessas idĂ©ias foram implementadas na legislação. Ter legisladores piratas na Islândia agora pode facilitar essa aplicação legislativa. Há muito trabalho a ser feito, na frente deles.

    Mas nĂŁo esta noite.

    Hoje Ă  noite, comemoramos e cumprimentamos os irmĂŁos e irmĂŁs islandeses no movimento com copos cheios de rum. Muito bem, trabalho muito bom!

    Ahoy !!!!

    waves.pirateparty.gr