Os 5 melhores aplicativos Android da semana [#31]

Mais uma semana com vários novos lançamentos chegou ao fim. Em termos de aplicativos, temos o mnml Launcher, obviamente, um novo lançador Android, com design minimalista. Em seguida, o aplicativo Squarespace, que permite modificar seu site em qualquer lugar.

Em termos de jogos, primeiro temos o Gigantic X, um shooter de ficção científica de cima para baixo que oferece ação intensa, muitas explosões e um total de três personagens. A Bethesda, por outro lado, surpreendeu a todos ao lançar as versões móveis dos Doom e Doom II originais.

mnml Launcher

O mnml Launcher é obviamente um novo iniciador de Android com design minimalista. Apesar de sua tela inicial extremamente simples, ela oferece até uma gaveta de aplicativos. O iniciador pinta tudo de preto, exceto os ícones do aplicativo.

Os aplicativos exibidos na tela inicial são selecionados pelo iniciador com base nos aplicativos usados ​​recentemente. Embora ainda precise de muito trabalho, funciona sem problemas e não causa problemas.

Squarespace

A Squarespace lançou um aplicativo que permite modificar seu site em qualquer lugar. Além disso, o aplicativo fornece opções para publicação, gerenciamento e organização de conteúdo.

De acordo com avaliações no Google Play, ainda há alguns problemas que a empresa precisa resolver, como o upload lento de fotos. No entanto, continua sendo uma ferramenta valiosa para quem mantém um site da Squarespace.

Gigantic X

Gigantic X é um shooter de ficção científica de cima para baixo que oferece ação intensa, muitas explosões e um total de três personagens para escolher o que você mais gosta. Caso contrário, oferece mais ou menos o familiar, o jogador segue a história, mata os bandidos e coleta objetos.

É um pouco como o antigo favorito Contra e, como a versão móvel ainda não chegou ao nosso país, o Gigantic X é a melhor alternativa. O jogo tem um ritmo rápido e manuseio interessante.

Doom I e II

A Bethesda surpreendeu a todos ao lançar as versões móveis dos Doom e Doom II originais. E, no entanto, a empresa fez isso, jogar faz com que se sinta como voltar décadas, com a óbvia exceção de lidar com o toque.

Às vezes, os botões na tela não respondem bem e alguns não gostam do fato de exigir uma conexão com uma conta da empresa. Caso contrário, é uma porta completa que ainda contém o DLC Thy Flesh Consumed.

Talvez alguns estivessem esperando algo diferente, como criar um novo título baseado no jogo original. Mas para quem sente falta do Doom, pode valer a pena mais de 5 euros.