ONU РFraude detectada por reservas aéreas falsas

Fraude detectada por reservas aéreas falsasFraude detectada por reservas aéreas falsas

A√ß√Ķes coordenadas da Diretoria de Promotoria do Cibercrime para identifica√ß√£o on-line e eletr√īnica de passageiros de companhias a√©reas que, atrav√©s de v√°rios circuitos organizados, fazem reservas fraudulentas de passagens a√©reas

A acusa√ß√£o de cibercrime est√° em colabora√ß√£o direta com a plataforma digital Perseuss, atrav√©s da qual as companhias a√©reas do mundo inteiro trocam informa√ß√Ķes 24 horas por dia sobre atividades ilegais que envolvem o uso de todos os tipos de cart√Ķes de pagamento.

Nesse contexto, um caso de fraude on-line foi investigado continuamente e um processo foi instaurado contra um agente de viagens de 59 anos em Attica, um nativo de 21 anos e um estrangeiro de 26 anos.

A quantidade de fraude financeira resultante de atividades ilegais est√° sendo investigada e atinge dezenas de milhares de euros.

A Diretoria de Promotoria do Cibercrime, com o objetivo de combater a fraude on-line, tomou medidas coordenadas para verificar e localizar continuamente passageiros que, atrav√©s de v√°rios circuitos organizados, realizam reservas fraudulentas de passagens a√©reas, destinadas a todo o mundo. Nesse contexto, desenvolveu coopera√ß√£o com aeroportos em todo o pa√≠s nos √ļltimos quatro meses do ano.

Esta a√ß√£o ocorre no contexto da participa√ß√£o ativa da Diretoria de A√ß√£o Penal, na elabora√ß√£o e implementa√ß√£o da prioridade de Cibercrime (Fraude de Cart√£o de Pagamento) da Plataforma Multidisciplinar Europeia contra Amea√ßas Criminais (EMPACT) e na utiliza√ß√£o dos resultados das A√ß√Ķes de A√ß√£o Global. Internet, em detrimento das companhias a√©reas e ag√™ncias de viagens, onde ele participou ativamente (Comunicado de imprensa relevante da sede da pol√≠cia hel√™nica de 07-02-2015).

Mais especificamente, a Diretoria de Processos Cibern√©ticos, atrav√©s da comunica√ß√£o com √≥rg√£os privados envolvidos (companhias a√©reas, ag√™ncias de viagens e institui√ß√Ķes financeiras) e em coopera√ß√£o com os departamentos policiais dos aeroportos de todo o pa√≠s, lan√ßou um processo de deten√ß√£o de 24 horas para controlar aeronaves fraudulentas. base, com o objetivo de proteger o com√©rcio eletr√īnico e outras atividades criminosas (tr√°fico de pessoas, imigra√ß√£o ilegal etc.). Note-se que esta a√ß√£o foi ditada pela EUROPOL / CE 3.

Em particular, a Diretoria de Processos Cibern√©ticos est√° em coopera√ß√£o direta com os Plataforma digital Perseuss (Sociedade A√©rea Mundial de Combate √† Fraude), atrav√©s da qual as companhias a√©reas de todo o mundo podem trocar informa√ß√Ķes 24 horas por dia sobre atividades ilegais envolvendo o uso de todos os tipos de cart√Ķes de pagamento. Al√©m disso, para a realiza√ß√£o de investiga√ß√Ķes conjuntas, a Diretoria de Processos Cibern√©ticos est√° em coopera√ß√£o direta com a Europol / Interpol / Ameripol.

Investigação de um caso de fraude on-line no campo do transporte aéreo e a formação de um caso contra três pessoas

Foi investigado um caso de fraude na Internet no campo do transporte aéreo e duas mulheres locais, com idades entre 59 e 21 anos, e uma estrangeira de 26 anos, cidadã da Geórgia, pelo crime de fraude contínua na Internet.

A investigação do caso teve início após o uso de dados pela Diretoria de Processos Cibernéticos, segundo a qual, em dezenas de casos, foi realizada venda fraudulenta de passagens aéreas pela Internet, usando detalhes de pagamento com cartão roubado.

O exposto acima foi levado ao conhecimento do Minist√©rio P√ļblico competente e a investiga√ß√£o e inqu√©rito preliminares foram ordenadas para investigar melhor os dados que surgiram.

A partir da investiga√ß√£o policial, foi identificada a an√°lise digital dos dados e dados que se seguiram, no contexto do levantamento do sigilo das comunica√ß√Ķes, o envolvimento das tr√™s (3) pessoas no caso em disputa e seu local de resid√™ncia foi determinado geograficamente.

Mais especificamente, a mulher de 59 anos, como chefe de uma ag√™ncia de viagens, fez vendas fraudulentas de passagens a√©reas, pois recebeu dos clientes o pre√ßo total do bilhete, enquanto seus dois (2) c√ļmplices acima mencionados compraram o mesmo bilhete on-line. cart√Ķes de cr√©dito, cobrando o titular real sem o saber.

As equipes policiais da Diretoria do Minist√©rio da Cibercriminalidade realizaram a extensa opera√ß√£o policial na √°rea da √Ātica e na presen√ßa de agentes judiciais, realizaram buscas nas casas e locais de trabalho dos envolvidos, onde o material impresso foi encontrado e confiscado. sua atividade ilegal.

At√© o momento, a investiga√ß√£o policial os envolveu em pelo menos tr√™s (3) casos de venda de ingressos, realizados com detalhes de cart√Ķes de pagamento roubados, enquanto mais de cento e onze (111) casos de transa√ß√Ķes suspeitas est√£o sendo investigados, cujo valor equivale a dezenas de milhares de euros.

Al√©m disso, s√£o consideradas poss√≠veis viola√ß√Ķes de juros tribut√°rios (declara√ß√Ķes de IVA imprecisas etc.).

O processo de um procedimento regular que foi formado ser√° submetido ao Minist√©rio P√ļblico competente, ao mesmo tempo em que ser√° investigada a poss√≠vel participa√ß√£o dos envolvidos em outros atos criminais semelhantes e relacionados.

Recorde-se que os cidad√£os podem entrar em contato, anonimamente ou com a marca, com a Diretoria de Processamento de Crimes Cibern√©ticos, a fim de fornecer informa√ß√Ķes ou relatar atos ou atividades ilegais ou repreens√≠veis realizadas pela Internet, com os seguintes detalhes de contato:

  • Por telefone: 111 88

  • Enviando um email para: ccu @ unidade de crime cibern√©tico . gov . gr

  • Por meio do aplicativo para smartphones com sistema operacional iOS – Android:CYBERKID

  • Via Twitter “SOS Cyber ‚Äč‚ÄčAlert Line”: @cyberalertGR