OnePlus 6T revelado: 8 GB de RAM, queda de entalhe e sensor biométrico na tela РVisualização

O OnePlus 6T est√° oficialmente entre n√≥s. A nova encarna√ß√£o do “principal assassino” – como a primeira gera√ß√£o foi definida, oferecendo especifica√ß√Ķes de alto n√≠vel a um pre√ßo acess√≠vel – n√£o perdeu sua natureza. A folha de dados n√£o tem nada a invejar do que atualmente s√£o os smartphones de refer√™ncia (do Galaxy Note 9 ao Mate 20 Pro), concentrando-se em algumas √°reas, especialmente na concretude: a tela para na resolu√ß√£o 1.080 x 2.340 com benef√≠cios √≥bvios por autonomia; na parte traseira, existem duas c√Ęmeras, com a empresa que optou por trabalhar principalmente nos algoritmos de processamento.

Tivemos o OnePlus 6T conosco por alguns dias e as primeiras impress√Ķes s√£o absolutamente positivas. Daremos a voc√™ nosso julgamento final na revis√£o completa, que publicaremos na quarta-feira. Em termos de desempenho, ainda haver√° pouco a dizer. Sob o corpo, h√° de fato o agora Snapdragon 845 da Qualcomm, juntamente com 8 Gigabytes de RAM (existe a vers√£o de 6 GB) e 128 Gigabytes de mem√≥ria interna, conforme a tradi√ß√£o n√£o √© expans√≠vel.

O smartphone me pareceu r√°pido e r√°pido desde o primeiro momento de uso, e nos √ļltimos dias confirmou esse sentimento. Al√©m disso, o OxygenOS, aplicado no Android 9, personaliza o sistema operacional do Google de maneira muito leve, sem sobrecarregar a plataforma de hardware e mantendo o mais pr√≥ximo poss√≠vel da experi√™ncia de estoque do rob√ī verde. Uma escolha que, pessoalmente, sempre apreciei.

UNBOXING ONEPLUS 6T

Nossa Andrea Ferrario ficou encantada com o unboxing do novo OnePlus 6T! O que você acha deste novo smartphone?

Publicada por Tom’s Hardware Italia na Lundi 29 de outubro de 2018

Em termos est√©ticos, o OnePlus tamb√©m sucumbiu ao charme do entalhe. No entanto, o agora conhecido “entalhe” acima foi implementado de uma maneira muito discreta: √© de fato l√°grima, no estilo Essential Phone, tendo que acomodar apenas a c√Ęmera frontal de 20 megapixels com lente f / 1.7. A concha √© feita de metal com o acabamento acetinado usual para a contracapa. O que voc√™ v√™ retratado nas imagens √© o colorway Midnight Black, mas o 6T tamb√©m vir√° na variante Mirror Black espelhada.

Ele segura bem na m√£o, n√£o √© escorregadio e a parte traseira – pelo menos na variante crom√°tica em nossa posse – n√£o ret√©m as impress√Ķes digitais. Dif√≠cil de usar com uma m√£o, visto a grande tela de 6,41 polegadas feita com a tecnologia Optic AMOLED. Parece ter um bom rendimento, com alto brilho e um vidro frontal pouco refletivo, aspectos que promovem visibilidade ao ar livre, mesmo em dias ensolarados.

Os quadros s√£o estreitos, mas ainda presentes. Isso, combinado com a op√ß√£o de n√£o ter os lados da tela curvados, permite evitar o fen√īmeno de toques involunt√°rios na tela, presente em dispositivos como o Mate 20 Pro e, acima de tudo, o Sony Xperia XZ3. Os bot√Ķes (energia e volume) s√£o perfeitamente acess√≠veis e o OnePlus tamb√©m manteve a alavanca para enviar o smartphone no modo “silencioso”, como nos iPhones.

Dada a d√©cima terceira redu√ß√£o de quadros, a empresa decidiu integre o leitor de impress√£o digital diretamente na tela. √Č um recurso no qual o OnePlus tamb√©m se concentrou tanto no n√≠vel da comunica√ß√£o comercial. Funciona bem, mesmo com dedos molhados ou sujos, mas a primeira impress√£o √© que √© um pouco menos precisa do que a do Mate 20 Pro. Por exemplo, √© preciso dizer que, nesses poucos dias, o 6T recebeu J√° existem duas atualiza√ß√Ķes do sistema que, na lista de not√≠cias, relataram melhorias precisamente neste sensor.

Portanto, espero que, com a vers√£o final do software, as pequenas incertezas desaparecem. N√£o h√° som est√©reo, o √ļnico alto-falante est√° posicionado na borda inferior, para n√£o ficar coberto quando o smartphone √© colocado em um avi√£o. O volume ainda est√° muito alto e, pessoalmente, n√£o senti a necessidade de ter um segundo orador dispon√≠vel. No entanto, aguardamos a revis√£o para dar um julgamento final.

A c√Ęmera traseira dupla, com sensores de 20 e 16 megapixels, parece estar indo bem. As grandes not√≠cias √© o modo noturno chamado “scape noturno”, com o qual o 6T leva 1 segundo de exposi√ß√£o. Deste ponto de vista, reservamo-nos o direito de aprofundar em alguns dias, mesmo que a melhoria em compara√ß√£o com o OnePlus 6 √† noite pare√ßa estar presente. No entanto, inserimos algumas imagens criadas em tempo real.

A tomada de áudio desapareceu, por outro lado, no pacote de vendas há um adaptador especial. Também é apreciada a presença de uma capa de TPU semi-rígida, que se encaixa muito bem sem tornar o smartphone muito pesado. O USB-C é do tipo 3.1, portanto, deve suportar a saída de vídeo (a funcionalidade não está presente no OnePlus 6, já que existe o USB-C 2.0), teremos a oportunidade de testá-lo. A bateria sobe para 3.700 mAh em comparação com 3.300 mAh do modelo anterior, e a autonomia parecia objetivamente superior a mim. No entanto, há um carregamento ultra-rápido, com o carregador especial incluído.

O que mais a acrescentar? Após o acordo com a Amazon para o OnePlus 6, a empresa chinesa também decidiu invadir lojas físicas. O 6T também será vendido nas 115 lojas italianas da MediaWorld, testemunhando como a marca está começando a se firmar, mesmo para os usuários menos experientes.

As vendas começarão em 6 de novembro no OnePlus.com. A variante Mirror Black com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento estará à venda por 559 euros, que se tornará 589 euros pelos 8 GB de RAM e 128 GB de memória interna Midnight Black e Mirror Black. Finalmente, a versão superior de 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento exigirá 639 euros.