O Windows 10 não executa jogos antigos que possuem proteção contra cópia DRM!

Alguns anos atrás, e especificamente o período de 2000 até o 2010, muitas empresas de desenvolvimento de videogames estavam tentando proteger seus títulos de piratas eram baseados no padrão de segurança SafeDisc e Securom DRM (Gerenciamento de direitos digitais). De fato, o sistema defeituoso de DRM tem sido o caso muitas vezes no passado maçã da contenção, entre jogadores e executivos de empresas de desenvolvimento, pois houve muitos casos em que devido à superproteção, o DRM ele não deixaria ir usuários rodarem o jogo, mesmo que fosse autêntico!

Disco protegido

O sistema específico de proteção contra cópias agora não está sendo usado, não apenas causou problemas, mas ao mesmo tempo se tornou um “brinquedo” nas mãos de hackers, tendo pelo contrário resultados esperados. Agora com Windows 10, o “horror” que soa como DRM retorna em primeiro plano, como ficou conhecido pela Microsoft, o novo sistema operacional rejeita como incompatível a maioria dos jogos tem proteção Tipo DRM! Segundo os executivos da Microsoft, o novo sistema operacional não permite nenhum “relacionamento” com a proteção DRM, pois essa tecnologia permite que hackers penetrar com maior facilidade santuários do sistema, criando as condições ideais para a “incubação” de poderosas vírus que eles possam ter resultados desastrosos para estabilidade do sistema. Embora até o momento não exista uma lista de jogos que não rodam no Windows 10, mas pesos pesados ​​e títulos conhecidos como Grand Theft Auto III, Battlefield 1942 e The Sims podem não ser capazes de funcionar com o Windows 10. Aparentemente A Microsoft, no caso do Windows 10, foi solicitada a responder ao dilema compatibilidade a segurança, com a empresa de Redmond escolhendo segurança mais forte.