O videogame mais viciante de todos os tempos

Atende aos critérios de complexidade, enredo e interatividade

De tempos em tempos, vĂĄrios estudos tĂȘm sido realizados para tentar entender as razĂ”es pelas quais um videogame Ă© viciante. Em 2007, um estudo publicado na revista CyberPsychology and Behavior mostrou como Ă© fĂĄcil alguĂ©m perder a noção do tempo enquanto se concentra em um jogo.

Em um estudo semelhante de Richard TA Wood e a equipe<
>

Na DivisĂŁo de Psicologia da Unidade Internacional de Pesquisa, Trend University, em Nottingham, observa-se que 99% das 280 pessoas que participaram experimentaram o fenĂŽmeno da perda de tempo enquanto jogavam. De fato, 24,3% afirmaram que esse fenĂŽmeno Ă© positivo, enquanto 29,3% responderam o contrĂĄrio.

Mas quais sĂŁo os elementos que um jogo deve ter para se tornar tĂŁo viciante? Os cientistas concluĂ­ram que os jogos que podem cativar os jogadores devem ser complexos e emocionantes, ter uma trama forte, poder jogar com os outros e finalmente ter nĂ­veis de desenvolvimento.

Portanto, a escolha óbvia é World of Warcraft. O popular MMORPG da Blizzard (Massive Multiplayer Online RPG) conseguiu atrair mais de 10 milhÔes de jogadores, que pagam uma assinatura mensal para poder jogar.

TambĂ©m conhecido como “WoW”, combina todas as opçÔes acima e ainda dĂĄ ao jogador a oportunidade de ser livre, permitindo que ele jogue o jogo da maneira que escolher.

WoW pode nĂŁo ser o tĂ­tulo desse tipo de jogo, mas certamente Ă© aquele que evoluiu e influenciou muitos tĂ­tulos subsequentes. De fato, o WoW Ă© o jogo com mais referĂȘncias aos dados de pesquisa.

No topo da lista dos tĂ­tulos de jogos mais viciantes podem ser encontrados em “Halo”, “Call of Duty”, “The Sims”, “Portal” e muitos outros que atendem aos critĂ©rios acima.

Fonte: newsbeast.gr