O sorvete que n√£o derrete est√° chegando

Certamente voc√™ fica chateado quando toma sorvete e derrete muito mais r√°pido do que voc√™ pode comer, e talvez ainda mais irritante quando come√ßa a pingar na sua camiseta favorita. Imagine ser gostosa …sorvete sorvete

A solução vem de pesquisadores da Universidade de Edimburgo e de seus colegas da Universidade de Dundee, que acreditam ter encontrado uma solução para esse problema: o sorvete científico que durará muito mais tempo até derreter, mesmo no calor escandalosamente quente. meio Ambiente.

Para criar o sorvete que não derrete imediatamente, os cientistas das Universidades de Edimburgo e Dundee sugerem adicionar apenas uma proteína muito especial à lista usual de ingredientes.

Essa proteína mágica é conhecida como BslA (nível de superfície A do biofilme) e é encontrada nos grãos de soja. Os pesquisadores dizem que, se adicionados a um sorvete, ajudarão a ligar o ar, a gordura e a água.

Por sua vez, esse compromisso fará do sorvete algo como isolamento do ambiente quente ao ar livre, dizem os especialistas. Em outras palavras, o sorvete fortificado com a proteína BslA precisará de mais tempo para derreter, por isso nos dará mais tempo para comê-lo antes que comece a pingar em nossa blusa.

Como observado, o BslA está naturalmente presente em alguns alimentos. Agora que eles sabem como fazer isso no laboratório com a ajuda de bactérias, os pesquisadores acreditam que serão capazes de produzir esse sorvete em 3-5 anos.

Além do fato de o sorvete ser mais resistente ao calor, a adição de BslA o tornará muito cremoso, novamente através do comprometimento do ar, gordura e água e, consequentemente, a formação de cristais de gelo.

Isso significa que o sorvete do futuro poderá ter uma estabilidade perfeitamente satisfatória, independentemente da temperatura externa, ao mesmo tempo em que conterá níveis mais baixos de gordura e, consequentemente, menos calorias.