O Presidente da Panasonic conversou com a DPReview sobre o novo sistema sem espelho Full Frame e revela

O site DPReview teve a oportunidade de conversar com o presidente da Divisão de Negócios da Panasonic Imaging Network, Sr. Yosuke Yamane, sobre o novo sistema sem espelho da empresa.

A discussão ocorreu na Photokina 2018, em setembro passado, mas foi publicada pela DPReview.

Antes de tudo, vamos começar com o que ele disse sobre o novo sistema sem espelho Full Frame e com o esclarecimento de que o S em nome dos novos modelos S1 e S1R significa Especializado. Claro, ele afirmou que o objetivo são os profissionais, mas sem deixar de fora os amadores sérios.

Segundo Yamane, a empresa acaba de entrar no espaço sem espelho Full Frame, como queria estar completamente pronto, desde a criação de produtos até o suporte e serviço.

Questionado sobre o tamanho relativamente grande dos novos modelos sem espelho, Yamane disse que isso se deve ao slot de cartão de memória duplo, ao sistema de estabilização do corpo e aos avançados recursos de captura de vídeo. Ele disse que na Panasonic eles preferem não sacrificar os recursos técnicos para um tamanho menor e que consideram suas novas máquinas sem espelho como ferramentas profissionais, considerando que seu tamanho é correto. Ele acrescentou que a empresa levou em consideração as opiniões dos fotógrafos profissionais e de seus embaixadores e que o tamanho das novas câmeras não era um problema, desde que houvesse recursos técnicos avançados.

Yamane também argumentou que a Panasonic quer que as novas câmeras sejam as mais duráveis ​​do mercado, e é por isso que elas são 100% à prova d’água e ideais para quem fotografa ao ar livre, paisagismo e vida selvagem.

Em relação à cooperação com a Leica e a SIGMA para L-mount, o Presidente da Panasonic afirmou que, no que diz respeito à Leica, o contrato de cooperação estreita das duas empresas foi renovado há quatro anos, que dura 17 anos com uma troca de know-how de ambos os lados. , enquanto para a SIGMA ele afirmou que existe um relacionamento muito bom com o CEO da SIGMA, Sr. Yamaki, e que há confiança.

Perguntado se a empresa desenvolveria seu próprio sensor APS-C, a resposta foi não, pois a Panasonic suportará o formato Micro Four Thirds desenvolvido pela Olympus e não há razão para desenvolver outro sistema.

Yamaki não disse se os novos sensores Full Frame foram fabricados pela Panasonic, mas disse que o novo sistema Full Frame da empresa estaria disponível nos Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio, acrescentando que, após os Jogos Olímpicos, nova geração de filmadoras, resolução 8K.

Você pode ler a entrevista completa aqui.