O marketing de neuromarketing entra em outra dimens√£o

Parece que o marketing est√° mudando para outra dimens√£o e “entrando” em campos estrangeiros. Afastamo-nos da era em que a psicologia do consumidor desempenhou o papel mais importante na tomada de decis√Ķes e passamos ao momento em que o marketing moderno se basear√° em Neuroci√™ncia! Nos √ļltimos anos, muitas pesquisas se concentraram em descobrir o que pressiona o “bot√£o de compra” dos consumidores. Examina como as mensagens de marketing e os an√ļncios publicit√°rios das empresas afetam neur√īnios do c√©rebro e quais rea√ß√Ķes eles causam aos consumidores.

neuromarketing Objetivo é descobrir como as pessoas pensam aqui, não estamos falando de pesquisas que examinam o humor do consumidor e o que o precedeu antes de ele chegar à prateleira, mas de pesquisas que mostram no momento da compra o que está em sua mente, o que ele está pensando naquele ponto-chave entre dois dos mesmos produtos e escolher um deles? Parece um pouco assustador saber tudo isso! Estamos entrando em uma era orwelliana, como li muito bem em algum lugar, ou é algo que não deveria nos preocupar?

Ultimamente, na Am√©rica e na Europa, em universidades e laborat√≥rios, pesquisadores e produtores de publicidade est√£o tentando penetrar na mente dos consumidores! Eles est√£o procurando uma “prova biol√≥gica” em sua prefer√™ncia por produtos espec√≠ficos. Por que algumas pessoas preferem a Coca Cola √† Pepsi? eles s√£o indiferentes a um comercial de TV enquanto s√£o influenciados por outra pessoa? Eles est√£o votando em um pol√≠tico em vez de outro?

Esse esfor√ßo √© algo novo no campo do marketing e da publicidade e √© chamado Neuromarketing (neuromarketing). O objetivo desse m√©todo √© “adivinhar” com a maior precis√£o poss√≠vel o que os consumidores realmente querem, decifrando (literalmente) sua maneira de pensar.

Em 14 de outubro de 2004, um estudo muito interessante foi publicado na revista Neurology and Psychiatry Neuron. A pesquisa foi realizada em 67 pessoas, todas conectadas a dispositivos de pesquisa cerebral (FMRI РFunctional MRI) .Você é usado por neurologistas em hospitais, onde permite que eles vejam o cérebro dos pacientes em tempo real! Imagine algo como um scanner cerebral .

Esses indiv√≠duos receberam dois refrigerantes, onde n√£o sabiam quem eram. Cerca da metade escolheu o primeiro e a outra metade o segundo. No pr√≥ximo teste, os pesquisadores informaram √†s pessoas que o primeiro refrigerante foi a Coca Cola e a segunda Pepsi, tr√™s em cada quatro mudaram sua prefer√™ncia pela Coca Cola. O dispositivo ent√£o mostrou que todos eles tinham uma √°rea comum de neur√īnios no c√©rebro ativada. Isso mostra que a √°rea espec√≠fica do c√©rebro representa alguns outros valores, que nada t√™m a ver com o paladar, mas com o qu√£o bem conhecido √© esse produto, se ele possui uma boa embalagem e que emo√ß√Ķes os causa quando o v√™em! Essa pesquisa √© realmente excelente e, para quem estiver interessado, posso envi√°-la a voc√™ em seu e-mail.

Resultados de pesquisa como o anterior tentam usar profissionais de marketing e grandes empresas, a fim de descobrir o que os consumidores querem ouvir e ver, a fim de ativar a parte certa de seu cérebro, a fim de prosseguir com a compra de seus produtos! Por seu lado, essas empresas afirmam que o uso do neuromarketing pode ajudar a sociedade como um todo, pois ajudará a entender melhor as necessidades e desejos dos consumidores para uma satisfação real! Já estou começando a relembrar seus bons e velhos tempos. publicidade com o clássico AIDA e pesquisa de mercado! Eu realmente não sei se isso se chama progresso !!!!!

Para ficar um pouco s√©rio. N√£o acho que o Neuromarketing deva nos assustar (pelo menos por enquanto). Porque sempre temos a √ļltima palavra! Somos n√≥s que vamos chegar e tirar o produto da prateleira. O conhecimento e a compreens√£o de nossas reais necessidades nos proteger√£o de qualquer tipo de mensagem destinada a nos fazer comprar coisas que n√£o valem o dinheiro. Portanto, fa√ßa compras cuidadosas. Escolha os produtos que voc√™ precisa e vale a pena obt√™-los. Eu sei que √© dif√≠cil, mas tente !!