O hacker que vendeu o Spam Botnet no Fórum Darkode escapou da prisão

Ryan Neil Green, 32, de Paducah, Kentucky, recebeu uma suspensão de dois anos e 50 horas de serviço comunitário depois de admitir a criação e a venda de uma botnet de spam no famoso fórum de hackers de Darkode.

De acordo com documentos judiciais, entre 2006 e 2012, Green construiu um botnet de 77.000 bots, que ele alugou para outros cibercriminosos em Darkode, um fórum no qual várias categorias de hackers e fraudadores se reuniram para comprar ou vender malware. ferramentas de hackers, até drogas.

O hacker que vendeu o Spam Botnet no Fórum Darkode escapou da prisão

Green foi um dos 70 hackers presos no início do ano passado em todo o mundo depois que policiais invadiram e fecharam o fórum de Darkode.

Embora ele não estivesse envolvido ativamente em transações recentes, o nome de usuário e as atividades anteriores de Green foram encontrados no arquivo do fórum e ele foi preso e depois acusado.

Green escapou facilmente sem uma sentença de prisão, porque o juiz mudou de vida e abandonou qualquer atividade ilegal.

Tanto a promotoria quanto o juiz reconheceram que Green havia realmente desistido de sua vida anterior como hacker após o nascimento de sua filha e, em seguida, fundou sua própria empresa de web design e SEO, chamada Rygre Digital Marketing.

Como Green mudou sua vida por conta própria, não havia razão para puni-lo com prisão.

O juiz também não queria impedir Green de sustentar sua filha e não queria arriscar perder seus negócios enquanto estava na prisão.

O procurador-geral assistente James Kitchen, que liderou a derrubada de Darkode junto ao FBI, disse ao Trib Live que Green havia feito parceria com a investigação do início ao fim. Esse foi outro fator que ajudou Green a receber uma sentença mais leve.

Em maio, outro usuário do fórum Darkode, da Louisiana, preso ao mesmo tempo que Green, foi condenado a um ano de prisão. E esse usuário alugou botnets no Darkode.